sexta-feira, 18 de janeiro de 2019

Porque o SL Benfica não é só Futebol...

Pela frente um fim de semana à BENFICA! Seis jogos nos pavilhões da Luz. Apenas a formação de Futsal joga fora de portas. Façam um esforço e compareçam. É ultrajante constatar tão fraca afluência dos benfiquistas na nossa casa.

Fique com toda a antevisão de uma jornada com muita actividade, entre a tarde de Sábado e a noite de Domingo.


Duplo compromisso em Basquetebol. Jogo para o campeonato e começo da luta pela emblemática Taça de Portugal.

Sábado, pelas 15 horas, defrontamos o Vitória de Guimarães, em jogo que abre a 15ª Jornada da 1ª Fase do Campeonato Nacional. Quem não puder ir à Luz, pode assistir a este duelo histórico da modalidade através da BENFICA TV e RTP 2.

Pela frente um adversário a fazer um campeonato aquém do esperado,  sobretudo se compararmos com outras temporadas, e que por esta altura enfrenta uma situação complicada para garantir um lugar nos seis primeiros classificados, de forma a estar no melhor grupo na segunda fase.

Pois bem, este enquadramento aumenta um pouco a responsabilidade do Vitória SC para esta partida, mas o favoristimo continua todo, claro está, do lado do líder invicto. E focando nos objectivos do Benfica, a Oliveirense continua à perna, pelo que há que continuar a ganhar. Além de ganhar, os últimos jogos têm sido prometedores, e mesmo o jogo da semana passada, que foi mais díficil, acabou com um triunfo claro.

Para Arturo Álvarez, outra boa notícia prende-se com o regresso de atletas que têm estado tocados, na última partida já regressaram alguns, e pela primeira vez na época o plantel caminha para quase a plenitude dos seus elementos disponíveis. São boas dores de cabeça para o estratega encarnado, que assim pode finalmente testar em jogo todas as soluções possíveis.

Neste Sábado esperamos mais uma vitória, e uma exibição de qualidade.

No Domingo, a partir das 19 horas, Benfica e Sampaense Basket estarão frente-a-frente num confronto referente aos Oitavos de Final da Taça de Portugal. Para ver em directo na BENFICA TV.

As águias são evidentemente favoritas a carimbar o passaporte para a "Final 8". Até porque a equipa que visita a Luz milita no escalão secundário nacional.

O emblema de São Paio de Gramaços lidera a Zona Norte da 1ª Fase da Proliga. Merece portanto toda a nossa atenção. A diferença qualitativa é grande, mas as águias terão de provar a sua superioridade em campo. Sem vacilar, com máxima concentração, e podendo usar toda a profunidade do plantel encarnado.

Poderá haver alguma tendência para o facilitismo até depois do jogo de Sábado, pelo que o aspecto mental será fundamental. Toda a concentração, empenho e rigor para travar este adversário, e assegurar, com naturalidade, a passagem para a fase final da prova.

Campeonato Nacional (1ª Fase) - Jogos da 15ª Jornada

Sábado - dia 19:

SL BENFICA-V. Guimarães 15h BENFICA TV/RTP 2
Esgueira-CAB Madeira 16h
Illiabum-Imortal 18h
Galitos Barreiro-Ovarense 18h
FC Porto-Lusitânia 18h45
Oliveirense-Terceira Basket 21h

Taça de Portugal - 1/8 Final

Domingo - dia 20:

SL BENFICA-Sampaense 19h BENFICA TV


Ronda dupla para a 1ª Fase do Campeonato Nacional de Voleibol. Conjunto liderado por Marcel Matz actua duas vezes no Pavilhão Nº 2 da Luz. Ambas as partidas contarão com transmissão em directo na BENFICA TV.

Sem tempo para descansar, depois do êxito na Roménia, importa mudar rapidamente o "chip". Como temos vindo a avisar, não podemos facilitar tendo em vista a luta titânica pelo primeiro lugar com o Sporting.

Os encarnados enfrentam este Sábado, às 17 horas, a Associação Académica de São Mamede de Infesta, para a 17ª Jornada.

Os nortenhos ocupam precisamente o meio da tabela classificativa, sinal da boa campanha realizada até ao momento. É um clube com bastante tradição na modalidade e que por norma baseia o seu plantel em produtos da sua Formação. E na verdade, é um adversário, tal como mostrou na primeira volta, que pode tirar sets ao Benfica.

Contudo, entendemos de forma clara, e ainda o último jogo para o campeonato deixou isso patente, que o Benfica tem cedido demasiados sets, por culpa própria. Num misto de desconcentração, excesso de confiança e alguns riscos desnecessários, a verdade é que perder um set contra equipas que depois se ganha facilmente noutros sets não faz muito sentido.

Para esta partida mete-se o agravante da viagem longa e o desgaste, serão poucos treinos, por isso o fundamental será mesmo o aspecto mental, toda a concentração no jogo, tem de ser um Benfica consistente nas diversas acções técnicas do jogo, altamente motivado e preparado para os desafios que estão pela frente. Até porque daqui para a frente o calendário vai apertar, vai aumentar o grau de dificuldade, vários jogos de "risco", portanto é tempo de voltar ao topo da forma, a nível físico, técnico, táctico e mental.

No Domingo, pelas 15 horas, medimos forças com o Clube Kairós, para a 18ª Jornada.

É gigante a diferença de valor dos dois plantéis. Basta atentar que os açorianos ainda não somaram qualquer ponto no campeonato. E, portanto, muito dificilmente irão escapar à despromoção. 

Este terá de ser um jogo com pouca história. A desigualdade de forças é tanta que só se espera uma vitória por 3-0, e certamente com Marcel Matz a usar uma equipa quase toda diferente da equipa que jogar mais tempo no Sábado. Isto porque a profundidade e qualidade do plantel encarnado permite isso perfeitamente, e é também uma forma de dar minutos a todos, pois os jogadores têm de estar sempre prontos para aproveitarem a oportunidade.

Campeonato Nacional (1ª Fase) - Jogos da 17ª Jornada

Sábado - dia 19:

SL BENFICA-Ac. São Mamede 17h BENFICA TV
Sp. Espinho-V. Guimarães 16h
Castêlo da Maia-Leixões 17h
Famalicense-VC Viana 18h
Ac. Espinho-Esmoriz 18h
Sporting-Clube K 20h30

Domingo - dia 3 de Fevereiro:

SC Caldas-Fonte Bastardo 16h

Campeonato Nacional (1ª Fase) - Jogos da 18ª Jornada

Domingo - dia 20:

SL BENFICA-Clube K 15h BENFICA TV
Castêlo da Maia-Ac. São Mamede 15h
Leixões-Fonte Bastardo 15h
SC Caldas-Esmoriz 16h
VC Viana-Sporting 16h
Famalicense-V. Guimarães 17h
Sp. Espinho-Ac. Espinho 17h


Às 19 horas de Sábado, Benfica e Club Esportiu Noia têm encontro marcado, para a 4ª Jornada do Grupo D da Liga Europeia de Hóquei em Patins. Será transmitido em directo pela BENFICA TV.

Objectivo: garantir desde já a qualificação. Em caso de vitória o Benfica estará desde já qualificado para os Quartos de Final, e é isso que esperamos que aconteça neste Sábado. Mas claro, mais do que isso, é o segundo jogo com Alejandro Domínguez ao leme, e muita da curiosidade dos adeptos continua em ver de que forma a equipa vai mostrar em campo o que tem decorrido nos treinos.

Na partida da semana passada saltou à vista a defesa a toda a pista, veremos como irá decorrer essa situação nesta jornada. Ofensivamente também ainda se aguardam mais novidades. Para o Noia este é um jogo de tudo ou nada, mas fora de casa já se sabe que estas equipas catalãs costumam ter algumas dificuldades. 

Assim sendo o Benfica assume-se claramente como favorito à vitória, até para manter os 3 pontos de avanço sobre o Monza, que dará alguma vantagem para os encarnados na deslocação a Itália. Mas um jogo de cada vez, foco no Noia e no que o Benfica tem de produzir: uma exibição de qualidade, com entrega, compromisso e vontade clara de fazer mais e melhor.

Liga Europeia (Fase de Grupos) - Jogos da 4ª Jornada

Sábado - dia 19:

SL BENFICA-CE Noia 19h BENFICA TV
Monza-Montreux 19h45


A finalizar um Sábado intenso, recebemos às 20h30 a Associação Artística de Avanca, numa partida que diz respeito à 18ª Jornada da 1ª Fase do Campeonato Nacional de Andebol. Jogo que será transmitido em directo e exclusivo na BENFICA TV.

Aguardamos, à semelhança dos jogos já disputados em 2019, por uma entrada contundente da nossa equipa, de forma a não permitir veleidades à formação da região de Aveiro. O Avanca está a fazer uma época longe do fulgor de outras épocas mais recentes, mas ainda assim nada como estar sempre desconfiado. O Benfica tem de estar no seu melhor.

O jogo da última Quarta-feira foi um bom indicador, a equipa manteve a qualidade exibicional quase toda a partida, com uma boa e devida atitude competitiva, e é isso que esperamos. Usando a profundidade do plantel, dando minutos a João da Silva (fundamental nesta fase), e ir testando as novas soluções forçadas, nomedamente Belone a central e a sua ligação com Nyokas.

Espera-se um Benfica "mandão", isto é, a comandar e ditar os ritmos de jogo, altamente eficaz, letal e certeiro, e com uma defesa concentrada e agressiva. Aproveitar este momento para cimentar os processos da equipa, que muito em breve vão aparecer jogos de elevada dificuldade e que podem ser importantes para os objectivos da época.

Lembrar que Ristovski continua ao serviço da Macedónia no Mundial, Seabra, Patrianova e Terzic recuperam das respectivas lesões.

Campeonato Nacional (1ª Fase) - Jogos da 18ª Jornada

Sábado - dia 19:

SL BENFICA-AA Avanca 20h30 BENFICA TV
ABC-Belenenses 17h30
CCR Fermentões-Madeira SAD 18h
Boa Hora FC-ISMAI 18h
Sp. Horta-Águas Santas 21h

Sábado - dia 26:

Arsenal Clube Devesa-AC Fafe 21h

Quarta - dia 6 de Março:

Sporting-FC Porto 20h


Na Beira Baixa, Domingo, pelas 14h20, está agendado o início do desafio ante a Associação Desportiva do Fundão, relativo à 17ª Jornada da Fase Regular do Campeonato Nacional de Futsal. Este jogo será transmitido em directo e exclusivo na RTP 1.

Após a conquista da Taça da Liga, o colectivo às ordens de Joel Rocha tem de evitar todo e qualquer tipo de presunção. Até porque o objectivo primordial é erguer o ceptro nacional. São cinco pontos de vantagem e não podemos desperdiçá-la, de forma alguma!

Pela frente encontrarão o actual quinto classificado do campeonato. Não faltam exemplos de deslocações nossas que se revelaram um "osso duro de roer", não só nesta temporada, como em particular neste mesmo pavilhão em outras temporadas. Portanto o SL Benfica tem de estar totalmente concentrado e preparado para as adversidades desta partida.

No Fundão estará uma equipa motivada, galvanizada pelo ambiente que certamente estará no pavilhão (lotado), e sem nada a perder, e a procurar claro, aproveitar algum eventual relaxar do Benfica depois da conquista da semana passada. Por isso o maior desafio para os encarnados é precisamente esse: manter a elevada bitola das últimas semanas, sem baixar os níveis de concentração, manter a eficácia defensiva e ser expedito no ataque aproveitando as oportunidades criadas.

Esperamos que a equipa faça uma boa viagem, e regresse com os três pontos.

Campeonato Nacional (Fase Regular) - Jogos da 17ª Jornada

Domingo - dia 20:

AD Fundão-SL BENFICA 14h20 RTP 1
Belenenses-Módicus 17h30
Burinhosa-Sporting 17h30

Sábado - dia 19:

Eléctrico-Sp. Braga 16h
Rio Ave-Unidos Pinheirense 17h
Futsal Azeméis-Leões de Porto Salvo 17h30

Sexta - dia 25:

Viseu 2001-Quinta dos Lombos 21h


Para consulta de tudo sobre a época 2018/2019 das modalidades, pode ver aqui:





Porque o SL Benfica não é só Futebol...

SPORT LISBOA E BENFICA!!! 1904!!!








quinta-feira, 17 de janeiro de 2019

Porque o SL Benfica não é só Futebol...

Jornada europeia em Voleibol positiva para as cores encarnadas. E no Andebol vencemos sem facilitar para o campeonato.

Confira o rescaldo dos dois encontros disputados na Quarta-feira.


O SL Benfica qualificou-se para os Quartos de Final da Challenge Cup de Voleibol, após triunfo por 1-3 no reduto do ACS Volei Municipal Zalau.

Triunfo sem contestação da formação benfiquista (25-23; 15-25; 19-25; 22-25), em solo romeno, para a 2ª Mão dos Oitavos de Final. Seguem-se na próxima eliminatória os russos do Belogorie Belgorod. Adversário manifestamente poderoso que ostenta um palmarés rico, com títulos internacionais. Eles são favoritos mas nós somos BENFICA.

Marcel Matz promoveu o regresso de Tiago Violas à titularidade. Zelão e Honoré foram as apostas no centro da rede. O experiente brasileiro notabilizou-se no capítulo do remate, com 17 pontos, ao passo que Honoré se revelou imperial no bloco (5).

A equipa sediada na Roménia, galvanizada pelo apoio do seu público, mostrou muita vontade no começo do encontro. Depois de uma toada de equilíbrio (17-17), o Zalau fugiu no marcador (22-18). Ainda reentramos na discussão (24-23), no entanto os romenos acabaram por vencer o primeiro set. O Benfica reagiu da melhor maneira no segundo parcial. Aumentou a agressividade e o acerto em todas as acções. Cavou uma boa vantagem (1-8) e depois com naturalidade empatou a contenda. Os da casa cometiam inúmeros erros, em termos defensivos, que afectou directamente a distribuição, e ao nível do serviço. Em sentido oposto, o Benfica não vacilou. Efectivamente só precisávamos de vencer dois sets para selar o acesso aos 1/4 Final, mas a maior qualidade individual e colectiva da nossa equipa veio ao de cima. Confiantes, as águias não tiveram piedade perante a insegurança/irregularidade romena.

Resultado Final da 2ª Mão da Challenge Cup (1/8 Final)

ACS Volei Municipal Zalau 1- 3 SL BENFICA (25-23; 15-25; 19-25; 22-25)


Na recepção ao Boa Hora Futebol Clube, as águias mantiveram-se na senda vitoriosa (33-17), em jogo alusivo à 17ª Jornada da 1ª Fase do Campeonato Nacional de Andebol.

O colectivo de Carlos Resende foi superior, num jogo com escassas dezenas de adeptos nas bancadas. Sólido na defesa e sem necessitar de impor um ritmo alto no processo ofensivo. A entrada determinada no jogo deixou as coisas bem encaminhadas. Miguel Espinha assumiu a titularidade na baliza. Foi rendido por Hugo Figueira ao intervalo, que recebeu ordem de expulsão a 18 min do apito final. Nuno Grilo voltou a jogar. Alexandre Cavalcanti e Kévynn Nyokas foram os protagonistas na componente atacante, cada um com cinco golos apontados. O carismático internacional francês está a começar a carburar...

Desde cedo o Benfica tomou conta da partida e se distanciou no marcador, como era expectável. Perante uma equipa recheada de muita juventude, uma boa parte dela oriunda das nossas camadas jovens, os comandados de Carlos Resende foram sérios e competentes desde o apito inicial. Ofensivamente as águias, com Belone Moreira a começar de início na função de central, circularam bem a bola e desbravaram com lucidez e eficácia o caminho para a baliza contrária. Ao cabo de 30 min de jogo, já estava encontrado o vencedor do jogo (18-7). Na segunda parte, a história do jogo foi idêntica. Com João Silva a comandar a nossa manobra ofensiva. Os encarnados permaneceram concentrados e alargaram a vantagem perante um opositor sem argumentos.

Resultados Finais da 17ª Jornada (1ª Fase)

SL BENFICA 33-17 Boa Hora FC
Belenenses 27-33 Madeira SAD
FC Porto 39-18 AA Avanca
ISMAI 22-21 CCR Fermentões
Águas Santas 37-18 Arsenal Clube Devesa
ABC 41-18 Sp. Horta
AC Fafe-Sporting (13/2, às 21h)


Para consulta de tudo sobre a época 2018/2019 das modalidades, pode ver aqui:





Porque o SL Benfica não é só Futebol...

SPORT LISBOA E BENFICA!!! 1904!!!


quarta-feira, 16 de janeiro de 2019

Águias de Carlos Resende cumprem

Andebol - 17ª Jornada da 1ª Fase do Campeonato Nacional

Resultado Final: SL BENFICA 33 - 17 Boa Hora FC

(18-7 ao Intervalo)

Marcadores: Paulo Moreno (3)Alexandre Cavalcanti (5)Fábio Vidrago (3), Carlos Martins (2), Belone Moreira (1), Kévynn Nyokas (5), João Pais (4), Davide Carvalho (2), João Silva (3), Ales Silva (2), Nuno Grilo (1), Ricardo Pesqueira (2).




Passagem confirmada na Roménia

Voleibol - 2ª Mão dos 1/8 Final da Challenge Cup

Resultado Final: ACS Volei Municipal Zalau 1 - 3 SL BENFICA

(25-23; 15-25; 19-25; 22-25)

Pontuadores: Zelão (17), Theo (15), Rapha (11), Honoré (9), André Lopes (5), Fred Winters (5)Tiago Violas (5)Peter Wohlfahrtstatter (1).




Porque o SL Benfica não é só Futebol...

Hoje há actividade para os benfiquistas ecléticos. É dia de carimbar a continuidade europeia em Voleibol e de somar mais um triunfo em Andebol no campeonato.

Fique com a nossa perspectiva acerca dos encontros desta Quarta-feira.


Daqui a pouco, às 16 horas, em terras romenas o nosso Voleibol defronta o ACS Volei Municipal Zalau, para a 2ª Mão dos Oitavos de Final da Challenge Cup.

O desfecho da jogo na Luz foi positivo e deixa-nos numa boa posição para encarar esta deslocação à Roménia. Mas na realidade nada está consumado. O adversário tem legítimas condições e argumentos para inverter o rumo dos acontecimentos. Daí que é fundamental um colectivo benfiquista empenhado, concentrado em todos os momentos do jogo, para que sigamos em frente. O ambiente no pavilhão será seguramente adverso para as nossas cores. Não podemos "baixar a guarda", algo que ultimamente tem sido recorrente em alguns cá no nosso burgo. Exige-se regularidade exibicional, mantendo a intensidade alta. Temos de vencer dois sets, se não será tudo decidido no "Golden set", mas temos qualidade para vencer o jogo em solo romeno. 

Caso o Benfica assegure a passagem aos Quartos de Final da competição, enfrentará os russos do Belogorie Belgorod.

Challenge Cup - 1/8 Final (2ª Mão)

Quarta - dia 16:

ACS Volei Municipal Zalau-SL BENFICA 16h


À noite, pelas 20 horas, recebemos o Boa Hora Futebol Clube, em jogo a contar para a 17ª Jornada da 1ª Fase do Campeonato Nacional de Andebol. A BENFICA TV assegurará a cobertura televisiva do evento.

Mais um jogo para somar três pontos. Jogamos em casa e por isso espera-se um vitória gorda. Como temos vindo a alertar não podemos cometer qualquer tipo de deslize. Os outros candidatos ao título também estão com tudo, pelo que cabe ao colectivo às ordens de Carlos Resende fazer o seu trabalho, vencendo os seus jogos.

Vamos defrontar uma formação lisboeta que se situa actualmente no sétimo lugar da tabela classificativa. Portanto tem vindo a realizar uma excelente prestação. Dificilmente conseguirá marcar presença na Fase Final, mas merece-nos total respeito. Possui vários jogadores que passaram pela nossa Formação, o que reflecte bem a boa relação existente entre ambos os clubes. Cabe ao Benfica se impor de forma inequívoca. Com Pedro Seabra lesionado, felizmente João Silva já está disponível. E bem precisamos do brasileiro para assumir as despesas do nosso jogo ofensivo. Belone Moreira também tem características para fazer a função de central mas não está tão rotinado. A equipa mostrou no terreno do CCR Fermentões que as coisas estão a funcionar no ataque dadas as novas circunstâncias, mas há que dar continuidade a essa evolução.

Campeonato Nacional (1ª Fase) - Jogos da 17ª Jornada

Quarta - dia 16:

SL BENFICA-Boa Hora FC 20h BENFICA TV
Belenenses-Madeira SAD 20h
FC Porto-AA Avanca 20h30
ISMAI-CCR Fermentões 21h
Águas Santas-Arsenal Clube Devesa 21h
ABC-Sp. Horta 21h

Quarta - dia 13 de Fevereiro:

AC Fafe-Sporting 21h


Para consulta de tudo sobre a época 2018/2019 das modalidades, pode ver aqui:





Porque o SL Benfica não é só Futebol...

SPORT LISBOA E BENFICA!!! 1904!!!



Porque o SL Benfica não é só Futebol...

Ganhamos em toda a linha! Sublinhado especial para a repetição do feito de 2018, isto é, a conquista da Taça da Liga de Futsal em Sines.

Fique com a nossa análise sobre um fim de semana glorioso.


Águias categóricas em Sines. Pela segunda vez, e de forma consecutiva, conquistamos a Taça da Liga de Futsal! Brilhante!

A quarta edição da prova mais tenra do panorama nacional ficou marcada pelo domínio encarnado. Benfica prossegue com série totalmente triunfal a nível interno. Foi bonito o capitão Bruno Coelho fazer-se acompanhar de Chaguinha quando levantou o troféu. Isso por si só reflecte bem o espírito de equipa que reina no seio do nosso plantel. E Pluribus Unum!

Pela terceira vez nesta época, em outras tantas partidas, goleámos o Futsal Azeméis. Vencemos por sete bolas a uma. O Eléctrico de Ponte de Sor afastou de forma retumbante o favorito Sporting e tornou-se semi-finalista.

Marc Tolrà e Fernandinho foram os preteridos por causa da imposição regulamentar. Realce para o regresso à competição de Miguel Ângelo, após algum tempo considerável afastado por limitações de ordem física.

O Benfica entrou de forma fulgurante e cedo se adiantou no marcador. A estratégia arriscada de "5 para 4" desde o apito inicial por parte de Ricardo Canavarro facilitou a tarefa as águias. A ideia era ter bola e encostar o SLB ao seu meio campo defensivo. Só que o feitiço virou-se contra o feiticeiro. Os encarnados pressionaram alto, recuperaram a posse do esférico e Raul Campos não teve misericórdia. Porém, a turma de Oliveira de Azeméis continuou com a aposta no guarda-redes avançado. A ideia era provavelmente contrariar o nosso estilo de jogo marcadamente ofensivo. Em certa medida isso foi conseguido. Com sete min jogados, Robinho desferiu um tiro do meio da rua e aumentou distâncias, com o guardião contrário a ficar mal na fotografia. A 5 min do intervalo, o conjunto antagonista encurtou para a diferença mínima, explorando alguma passividade da defesa benfiquista. O marcador só voltou a funcionar na etapa complementar.

No segundo tempo já se viu um SLB mais consentâneo com o que se tem exibido no campeonato. Menos precipitado, mais exuberante, mais acutilante, mais eficaz, mais avassalador. Daí que endurecemos o ritmo de jogo e com naturalidade dilatamos de forma expressiva a vantagem. Bruno Coelho, por duas vezes, André Coelho e Chaguinha, também por duas vezes, foram os autores dos remates certeiros.

Seguiu-se o Módicus, que eliminou os Leões de Porto Salvo no desempate por grandes penalidades. Voltamos a ser superiores o resultado final (6-2) ilustra isso mesmo. No outro jogo de Sábado, o Sporting de Braga garantiu presença na Final com uma vitória por 4-1 ante o Eléctrico.

Desta vez, Fernandinho e Marc Tolrà estiveram entre os eleitos. Chaguinha e Raul Campos preteridos.

O colectivo encarnado entrou praticamente a vencer. Golo madrugador de Fernandinho. O craque brasileiro apareceu no sítio certo, como é seu timbre, e enviou o esférico para o fundo das redes. Entretanto o jogo conheceu uma toada morna, mas com a turma encarnada a dominar encontro. Módicus praticamente remetido ao seu meio campo defensivo. O jogo só voltou a ter momentos mais energéticos perto do final da primeira parte, dado que Diego Roncaglio e Marc Tolrà com os seus remates vitoriosos deixaram as águias a vencer por 3-0 ao intervalo.

A formação de Vila Nova de Gaia tentou correr atrás do prejuízo, avançando com o "5 para 4". Mas foi o Benfica a chegar de novo ao golo. Fits elevou a contagem, numa movimentação sublime no interior da área, finalizando com toda a classe de calcanhar. A 10 min do apito final os nortenhos reduziram para 4-1. Na resposta, Fits bisou. O pivot só teve de empurrar a bola para o interior da baliza contrária. Volvidos alguns instantes Bruno Coelho assinou o 6-1 perante baliza deserta. A pouco mais de 2 min do fim, o ex-Benfica Joel Queirós fixou o resultado final em 6-2.

No Domingo foi dia de glória benfiquista! Vitória clara por três bola a zero ante o conjunto orientado por Paulo Tavares. Esperamos que esta tenha sido a primeira de várias alegrias proporcionadas por esta equipa aos benfiquistas ecléticos na presente temporada!

Casa cheia no Multiusos de Sines. Duas equipas fortemente apoiadas e a deixar tudo em campo. Benfica, com Marc Tolrà e Chaguinha na bancada, confirmou o favoritismo.

Entrada intensa, com autoridade, das águias na quadra, impondo muita verticalidade e objectividade. A fase inicial do duelo foi pautada por um SLB a criar muito perigo e sufocante, a encostar o Braga às cordas. O SCB mostrou-se bem organizado, com o seu guardião Vítor Hugo a opor-se bem às tentativas contrárias, a suster e a sacudir pressão inicial das águias e a explorar saídas rápidas para o ataque. Até que a cerca de 4 min do intervalo, Fernandinho desfez o nulo no marcador. Subida de Roncaglio abriu espaços, Tiago Brito solicitou prontamente o brasileiro que não teve contemplações na hora de atirar à baliza. Minhotos responderam com transições perigosas mas sem êxito. É justo referir que o bloco baixo do Braga teve o condão de perturbar a dinâmica do jogo encarnado. 1-0 ao intervalo.

Seria difícil pedir um melhor recomeço de jogo. Fábio Cecílio pôs o Benfica a ganhar por 2-0. Novamente, uma subida de Roncaglio a provocar estragos. Robinho descobriu o internacional luso que com um remate colocado dilatou a vantagem. O Benfica manteve-se por cima no jogo. A 7 min surgiu o 3-0 num lance de insistência. Fits esteve brilhante ao descobrir de calcanhar, mais uma vez, Raul Campos e o espanhol não teve piedade. Este golo colocou um ponto final do embate. O Braga tentou reagir mas sem efeitos práticos, acusando desgaste físico. A menor profundidade do plantel fez-se notar. Parte final do encontro foi declaradamente tranquila para as hostes encarnadas. Festa encarnada em Sines!

Taça da Liga (Final 8) - Quartos de Final

SL BENFICA 7-1 Futsal Azeméis
Sporting 3-3 (4-5 g.p.) Eléctrico
Sp. Braga 1-1 (3-1 g.p) AD Fundão
Módicus 3-3 (8-7 g.p.) Leões de Porto Salvo

Taça da Liga (Final 8) - Meias Finais

SL BENFICA 6-2 Módicus
Eléctrico 1-4 Sp. Braga

Taça da Liga (Final 8) - Final

SL BENFICA 3-0 Sp. Braga


A equipa de Hóquei em Patins do SL Benfica derrotou no Pavilhão Fidelidade a Associação Juventude de Viana, por 5-3, em jogo relativo à 12ª Jornada do Campeonato Nacional.

Regresso ao trilho vitorioso na estreia do novo técnico. Logo no primeiro desafio já ficou a conhecer a realidade do hóquei, aliás do desporto nacional em geral, em que tudo vale para derrubar o Benfica. O destaque desta ronda vai para a derrota leonina na recepção ao Paço de Arcos, por 5-7. Oliveirense e Sporting partilham agora dianteira da classificação, com FC Porto logo atrás. Nós ocupamos o 4º posto com dois pontos de desvantagem face ao duo da frente.

Alejandro Domínguez apostou no seguinte cinco titular: Pedro Henriques, Albert Casanovas, Diogo Rafael, Lucas Ordoñez, Carlos Nicolia. Todos os jogadores de campo estiveram em pista, incluindo Vieirinha e Miguel Rocha.

No cômputo geral notou-se melhorias em termos defensivos. Bem organizados, com vigor e inteligência no pressing imediatamente após a perda da bola. Raramente nos desposicionamos e consentimos situações de superioridade numérica ao adversário. Nada de embandeirar em arco. Claro está que falta consistência, todavia a equipa soube ser realista e pragmática. Há muito trabalho pela frente. Cabe ao novo timoneiro passar bem e rapidamente a mensagem de forma a que as vitórias sejam uma constante e que o nível exibicional se eleve para que estejamos no nosso melhor quando enfrentarmos os jogos de maior grau de dificuldade.

A armada encarnada entrou bem, obtendo um golo madrugador de Casanovas na conversão de um castigo máximo. A turma vianense repôs o empate, à passagem do min 8. O Benfica manteve-se por cima no jogo. Pressionante, o que redundou na recuperação da bola em zona alta por sucessivas vezes e impediu que o rival saísse em transição rápida. Eis que com 19 min de jogo, Jordi Adroher numa recarga oportuna deu sentido ao nosso maior caudal ofensivo. Perto do descanso regulamentar, Nicolia ampliou para 3-1 com uma brilhante 'picadinha'. Ainda houve tempo para Adroher desperdiçar um livre directo. Dupla de arbitragem a querer ser protagonista (9-3 em faltas), isto com o Benfica a jogar em casa. Dá para rir. Enfim. Estava na cara que nos segundos 25 min os artistas iriam aparecer com mais frequência. No que concerne à Juventude, apresentou-se quase inexistente do ponto de vista ofensivo no primeiro tempo. Houve claro está mérito nosso.  O nosso comportamento obrigou que os minhotos recuassem, para bem dentro da sua meia pista, limitando a nossa manobra atacante.

O início da segunda parte foi frenético. A equipa do Alto Minho dispôs de livre directo, a penalizar a décima falta do SLB, mas não transformou em golo. De seguida chegou ao golo de grande penalidade. A resposta caseira não demorou. Lucas, isolado, aplicou uma 'picadinha' e fez o 4-2. Trabalho técnico notável! A dupla de arbitragem decidiu inclinar ainda mais a pista e foi bem sucedida. Nada que nos deixe particularmente estupefactos. Primeiro Pedro Henriques impediu que os visitantes marcassem de LD após azul visto por Diogo Rafael. Depois a Juv. Viana diminuiu para a diferença mínima através de penalty. A praticamente 15 min do final, eis que Adroher bisou na partida com um desvio subtil. O festival do apito continuou a equilibrar as forças. A meio da segunda parte novo livre directo favorável aos forasteiros, com PH a levar a melhor. Com aproximadamente 6 min por jogar foi assinalado uma grande penalidade a favor dos nortenhos. PH novamente a manter a baliza encarnada inviolável. Na fase final da partida, as águias controlaram. O jogo terminou com 14-9 em faltas...

Resultados Finais da 12ª Jornada

SL BENFICA 5-3 Juv. Viana
Oliveirense 9-1 HC Turquel
Sp. Tomar 0-2 AD Oeiras
FC Porto 8-0 AD Valongo
HC Braga 3-3 Riba D'Ave
SC Marinhense 3-5 OC Barcelos
Sporting 5-7 Paço de Arcos


Turma de Carlos Resende foi a Guimarães vencer naturalmente o Centro Cultural e Recreativo de Fermentões. Ganhamos por 22-35, em partida correspondente à 16ª Jornada da 1ª Fase do Campeonato Nacional de Andebol.

Estamos isolados no terceiro lugar da pauta classificativa, atrás de dragões e leões. A procissão quase nem saiu do adro nesta segunda volta, pelo que ainda há muito por jogar. Certo é que a margem de manobra da formação benfiquista é cada vez menos reduzida. Faltam disputarem-se muitos pontos até à Fase Final, e há que procurar o melhor posicionamento para estarmos bem dentro da disputa pelo título nacional.

O jogo não foi objecto de transmissão televisiva mas pela informação veiculada o conjunto encarnado não facilitou e o jogo terá sido praticamente de sentido único. A equipa encarnada entrou determinada em campo e com cerca de 10 min de jogo já vencia por 3-8. A vantagem alcançada permitiu algum conforto e daí para a frente foi uma questão de controlar as incidências, jamais consentindo que os vimaranenses pudessem acalentar esperanças. Ao intervalo, a vantagem cifrava-se em seis golos (12-18). Nos segundos 30 min, o Benfica conseguiu alargar o fosso no marcador e a desigualdade de forças acentuou-se como era expectável.

A nível individual, ênfase para os oito golos apontados por Alexandre Cavalcanti e para o regresso à competição de João Silva, coroado com quatro golos. O experiente Hugo Figueira foi titular na baliza encarnada. Nuno Grilo foi um dos ausentes.

Resultados Finais da 16ª Jornada (1ª Fase)

CCR Fermentões 22-35 SL BENFICA
Arsenal Clube Devesa 23-34 ABC
Sp. Horta 21-29 Belenenses
Madeira SAD-ISMAI (6/2, às 19h)
Sporting-Águas Santas (6/2, às 20h)
AA Avanca-AC Fafe (27/2, às 21h)
Boa Hora FC 20-32 FC Porto


Firmes no topo da classificação da 1ª Fase do Campeonato Nacional de Basquetebol. As invencíveis águias foram aos Açores bater o aguerrido Sport Club Lusitânia, por 76-88.

É justo reconhecer a boa réplica oferecida pelos açorianos. Foram briosos. O Benfica já teve melhores dias mas na hora da verdade não claudicou. Nota para a nossa eficácia na linha de lance livre (30 pontos). 14 jogos, 14 vitórias. Eis o resumo do que tem sido o campeonato até ao momento para o colectivo de Arturo Álvarez. No entanto a campeã Oliveirense não arreda o pé na perseguição e mantém-se na vice-liderança à espera de um percalço nosso para nos igualar no cimo da tabela classificativa.

Depois de um início renhido, rapidamente o Benfica tomou as rédeas do encontro, estabelecendo diferenças por via dos triplos. Realce para a nossa produção ofensiva (27 pontos no 1º Período) juntamente com uma postura defensiva coesa. Depois veio a reacção dos insulares no segundo quarto (28-33). Mais incisivos no ataque, à boleia dos triplos, e energéticos na defesa, em contraste com um Benfica com menores índices de concretização e com dificuldades no ataque organizado. Agressividade defensiva dos locais a surtir efeito. Ao intervalo, o Benfica vencia por 35-45.

Os açorianos regressaram à quadra determinados em importunar as águias. E conseguiram, perante um Benfica muito precipitado, a cometer inúmeras falhas. Por isso não foi de estranhar que os visitados se tenham aproximado bastante no marcador e  inclusivamente operado a reviravolta (59-58). Os encarnados acordaram e terminaram o terceiro quarto na liderança do "score" (61-66). A equipa da casa não desistiu e revelou-se muito combativa também nos derradeiros 10 min do duelo, obrigando o Benfica a suar bem a camisola. As águias não baixaram em termos de eficácia ofensiva e com o aproximar do final do encontro verificou-se o menor fulgor físico da turma da Ilha Terceira.

O trio formado por Xavi Rey, Micah Downs e Álex Suárez é realmente um luxo, tendo em conta o contexto nacional. O poste espanhol foi o MVP do encontro, com um duplo-duplo (20 pontos e 10 ressaltos). Micah, que totalizou 20 pontos, e Suárez, autor de 4 triplos, estiveram em segundo plano. Cláudio Fonseca não viajou até à Ilha da Terceira.

Resultados Finais da 14ª Jornada (1ª Fase)

Lusitânia 76-88 SL BENFICA
V. Guimarães 99-88 Esgueira
CAB Madeira 72-69 Illiabum
Terceira Basket 73-85 FC Porto
Imortal 76-91 Galitos Barreiro
Ovarense 64-80 Oliveirense


Passagem confirmada aos Quartos de Final da Taça de Portugal de Voleibol. Batemos o Leixões Sport Clube pela margem máxima.

No segundo confronto com este emblema histórico, também ele com matriz eclética, num curto espaço de tempo, os homens de águias ao peito voltaram a impor a lei do mais forte (25-15; 25-18; 25-13). Segue-se o Vitória de Guimarães no trajecto rumo à revalidação do título da Taça.

Ao invés do que ocorreu na passada Quarta-feira, o colectivo encarnado entrou de rompante e não facilitou. A turma matosinhense também ajudou, com inúmeros erros. Arriscou, talvez em demasia, e acabou por sucumbir. Marcel Matz ofereceu a titularidade a Nuno Pinheiro e promoveu várias alterações ao longo do jogo. Bernardo Martins, Filip Cveticanin, Fred Winters e Tiago Violas foram utilizados. Já nesta Quarta-feira há compromisso europeu na Roménia por isso importava rodar a equipa. O SLB teve um ou outro momento de algum relaxamento, com o LSC a aproveitar para se manter próximo no marcador mas tudo voltou rapidamente à normalidade. Theo, com 13 pontos, foi o máximo pontuador da partida.

Resultado Final dos 1/8 Final

SL BENFICA 3-0 Leixões (25-15; 25-18; 25-13)


Para consulta de tudo sobre a época 2018/2019 das modalidades, pode ver aqui:





Porque o SL Benfica não é só Futebol...

SPORT LISBOA E BENFICA!!! 1904!!!