domingo, 30 de junho de 2013

Mais SL Benfica neste fim-de-semana...

A dupla de voleibolistas do SL Benfica, Roberto Reis e Kibinho, venceu, este Domingo, a 2ª Etapa do Campeonato Nacional de Voleibol de Praia, que decorreu em Amares. 
Na Final da competição, os nossos Tri Campeões na praia triunfaram perante a dupla Pedro Rosas/João Simões por 2-1, isto depois de terem ganho a 1ª Etapa realizada em Carcavelos, no fim-de-semana passado. 
A próxima etapa está marcada para 12 a 14 de Julho na praia das Maçãs em Sintra.
Parabéns aos dois. Rumo à conquista do Tetra.





Na Canoagem, destaque para a participação de Joana Vasconcelos no Campeonato da Europa de sub-23, que se realizou em Poznan, na Polónia. 
Neste Domingo, a nossa canoísta alcançou uma excelente medalha de bronze na Final A em K1 200 metros. 
Já em K1 500 metros tinha conseguido uma meritório 5º Lugar na Final A. 
São resultados de excelência que demonstram que a atleta do SL Benfica está no caminho certo para atingir maiores feitos na modalidade. 





Neste Sábado, o Triatlo do SL Benfica foi dominante na 7ª Etapa do Nacional de Clubes. Num percurso duro e sob calor intenso, o trio Miguel Arraiolos, Bruno Pais e Alexandre Nobre conquistou todo o pódio deste Etapa realizada em Pedrogão Grande.
A vitória foi para Miguel Arraiolos num sprint final com Bruno Pais, tendo Alexandre Nobre se destacado no grupo perseguidor e assim fechar o pódio benfiquista.
Excelentes resultados da nossa equipa. Rumo à conquista do Nacional de Clubes. Força SL Benfica. 




No Atletismo, o SL Benfica é Campeão Nacional de Esperanças. As equipas Masculina e Feminina do SL Benfica sagraram-se, este Domingo, na Quarteira, Campeãs Nacionais de sub 23. 
Domínio absoluto por parte das equipas encarnadas nos dois sector. Brilhante o trabalho de toda esta secção do clube. 
Parabéns a todos. Um Orgulho. 

Campeonato Nacional de Esperanças

Resultados Finais

Masculinos

1º Lugar: SL BENFICA - 190 Pontos
2º Lugar: Sporting - 118 Pontos
3º Lugar: Juventude Vidigalense - 82 Pontos

Femininos

1º Lugar: SL BENFICA - 187 Pontos
2º Lugar: Sporting - 139 Pontos
3º Lugar: Juventude Vidigalense - 60,5 Pontos



Tudo isto também é BENFICA...

Futsal oficializa o "adeus" de três jogadores...

O SL Benfica acaba de confirmar de forma oficial, através de comunicado no Facebook, que três jogadores de Futsal - César Paulo, Diego Sol e Davi - não irão continuar a vestir o Manto Sagrado na próxima temporada. 
Começam aqui as mudanças no Futsal Benfica. Com as entradas de Ricardo Fernandes, Paulinho, Bruno Pinto e Rafael Henmi ainda não oficializadas começa-se a perceber que irá existir uma grande reestruturação nesta modalidade. 
Falando das saídas, estou completamente de acordo com a não renovação de contrato de Diego Sol e Davi. 
Desde que veio do Belenenses em 2010, Diego Sol apenas em raros momentos mostrou ser um jogador de nível para o nosso clube. É um jogador mediano, destinado a equipas que lutem por objectivos mais modestos.
Já a situação de Davi é completamente diferente. É um jogador que vai a caminho dos 34 anos de idade. Um fixo que já demonstra muitas dificuldades de movimentação, o seu jogo é cada vez mais previsível e o seu estilo "molengão" não ajuda no processo defensivo. Contudo contribuiu, em larga medida, para os sucessos do SL Benfica desde 2009. Nunca mais me irei esquecer daquela Final Four da Uefa Futsal Cup de 2010, onde Davi foi simplesmente o MVP. Obrigado por tudo. É daqueles casos em que se percebe que estava na hora da saída. 
Relativamente à dispensa de César Paulo, foi a notícia que me deixou mais triste neste defeso benfiquista. É o único que veste o Manto Sagrado a quem consigo chamar de Ídolo. Personifica aquilo que eu gostaria de ser e ver dentro do campo. Qualidade, luta, atitude, mística, à Benfica. A sua saída não faz sentido. Podem-me dizer que já é um veterano com muitas lesões no currículo, mas continua a ser um dos melhores pivots do Mundo. Pelo que sei, ele queria continuar. Um jogador destes "fica até quando quiser e poder". Vou ter saudades de ver o "Imperador" dentro da quadra a espalhar o terror nas defesas contrárias.

Muito Obrigado, César "Imperador" Paulo. 


Pode ver o comunicado do SL Benfica em:

https://www.facebook.com/SportLisboaBenficaModalidades


Também no Andebol estão confirmadas cinco saídas...

Através de comunicado no seu Facebook, o SL Benfica confirmou que os jogadores de Andebol, Ricardo Candeias, João Lopes, David Tavares, Nuno Grilo e o técnico-adjunto Pedro Alvarez estão de saída do clube. 
Começa assim a ficar definido o plantel desta secção para a próxima temporada. No entanto, como já referi em textos anteriores, a "vassourada" devia ser mais extensa nesta modalidade. O topo da hierarquia da estrutura do Andebol encarnado também tinha que ser alvo do mesmo fenómeno. 
Relativamente a estas saídas de jogadores concordo com todas, excepto a de David Tavares. O David é o melhor ponta direito em Portugal. É um jogador de rendimento muito alto e a nível muito constante. Se querem reduzir o orçamento, existem outros jogadores com salários altos que não apresentam rendimento desportivo para aquilo que ganham. No "meu" Benfica, os melhores têm de continuar e o David é um deles. 
O João Lopes é um andebolista que vale essencialmente pela segurança defensiva que dá à equipa e pela sua agressividade (aqui, muitas vezes, "pisa o risco"). Como temos Álvaro Rodrigues na equipa - um líder no processo defensivo -, a dispensa do João Lopes aos 34 anos faz todo o sentido. 
Quanto ao Ricardo Candeias, concordo com a sua saída. Considero-o um guarda-redes muito irregular, pois tanto está no "80 como no 8". Se Vicente Álamo continuar, apostaria no Miguel Ferreira para seu suplente. Está na altura de apostar nos melhores da nossa boa formação. 
Por fim, Nuno Grilo chegou ao Benfica, em 2011, proveniente do rival Porto, conotado como um dos melhores jogadores do Campeonato. Mas durante as duas épocas de encarnado vestido, nunca mostrou qualidade para jogar na nossa equipa. Teve algumas lesões - é certo! -, mas mesmo quando estava operacional, entrava em campo com uma atitude desprezível, fazendo sentir aos adeptos pouca vontade de jogar com a nossa camisola. Consequentemente, o seu futuro só poderia passar pela dispensa. 


Pode ver o comunicado oficial do SL Benfica em:




sábado, 29 de junho de 2013

Confirmada a saída de três jogadores da nossa equipa de Basquetebol...

O SL Benfica acaba de confirmar que não irá contar com Miguel Minhava, Ricky Franklin e Heshimu Evans para a temporada 2013/2014.
O comunicado oficial publicado, a este propósito, no sítio oficial do SL Benfica traduz bem os valores pelos quais se deve reger o nosso clube. Agradecimento pela forma como cada jogador lutou e deu o máximo de si com o Manto Sagrado vestido. Aplaudo estas atitudes. Muito Bem!
Quanto às saídas, estou de acordo com todas. Miguel Minhava já não foi aposta no ano transacto, portanto a sua não renovação revela coerência e faz todo o sentido. Ricky Franklin é um americano que não faz a diferença. É um "falso" base pois não apresenta características de organizador de jogo. Para a posição de base temos melhores soluções, como são os casos de Diogo Carreira, Tomás Barroso e agora Mário Fernandes.
Já no caso de Heshimu Evans é tudo uma questão de lesões e veterania. São 38 anos de um dos melhores basquetebolistas que passaram pelo nosso país na última década. Um jogador de quem irei ter muitas saudades. Aliava força, inteligência, velocidade de execução e muita eficácia. Um prazer vê-lo jogar. Muito Obrigado, Sr. Heshimu Evans. 


Pode ver o comunicado oficial do SL Benfica em:

https://www.facebook.com/SportLisboaBenficaModalidades


Calendário do Campeonato Nacional da 1ª Divisão de Voleibol...

Decorreu, este Sábado, na sede da Federação Portuguesa de Voleibol, no Porto, o sorteio do calendário da 1ª Fase do Campeonato Nacional 2013/2014 da modalidade. 

O inicio do campeonato está marcado para 5 de Outubro, data em que o Campeão Nacional Sport Lisboa e Benfica irá receber a Académica de Espinho. 

O modelo competitivo deste Campeonato será igual ao da época transacta. 

Aqui fica o calendário de todos os jogos do SL Benfica na 1ª Fase do Campeonato 2013/2014:

1ª Volta

1ª Jornada: SL BENFICA-Ac.Espinho (5 de Outubro)
2ª Jornada: Sp.Espinho-SL BENFICA (12 de Outubro)
3ª Jornada: SL BENFICA-Guimarães (13 de Outubro)
4ª Jornada: Clube K-SL BENFICA (10 de Novembro)
5ª Jornada: SL BENFICA-Esmoriz (26 de Outubro)
6ª Jornada: Vilacondense-SL BENFICA (2 de Novembro)
7ª Jornada: Fonte Bastardo-SL BENFICA (9 de Novembro)
8ª Jornada: SC Caldas-SL BENFICA (16 de Novembro)
9ª Jornada: SL BENFICA-Atl.Madalena (17 de Novembro)
10ª Jornada: SL BENFICA-Castêlo da Maia (23 de Novembro)
11ª Jornada: Marítimo-SL BENFICA (30 de Novembro)

2ª Volta

12ª Jornada: SL BENFICA-Sp.Espinho (7 de Dezembro)
13ª Jornada: Atl.Madalena-SL BENFICA (14 de Dezembro)
14ª Jornada: Ac.Espinho-SL BENFICA (11 de Janeiro)
15ª Jornada: SL BENFICA-SC Caldas (18 de Janeiro)
16ª Jornada: SL BENFICA-Fonte Bastardo (25 de Janeiro)
17ª Jornada: Esmoriz-SL BENFICA (26 de Janeiro)
18ª Jornada: SL BENFICA-Marítimo (2 de Fevereiro)
19ª Jornada: Guimarães-SL BENFICA (8 de Fevereiro)
20ª Jornada: SL BENFICA-Vilacondense (15 de Fevereiro)
21ª Jornada: SL BENFICA-Clube K (21 de Fevereiro)
22ª Jornada: Castêlo da Maia-SL BENFICA (22 de Fevereiro)



Marque os dias na sua agenda. Vamos apoiar o Campeão Nacional. Vamos ajudar a nossa equipa a revalidar o título.

SPORT LISBOA E BENFICA!!! 1904!!!

Mais duas renovações no Voleibol encarnado...

Os voleibolistas do SL Benfica, Hugo Gaspar e João Magalhães, renovaram o vínculo contratual que os ligava ao nosso clube.
Depois de Roberto Reis, Kibinho e Zelão, aqui estão mais dois Campeões Nacionais que irão lutar pela revalidação do título.

Hugo Gaspar é um oposto fantástico. Daqueles que fazem a diferença nas alturas decisivas. Um dos melhores jogadores portugueses na actualidade. Um capitão à Benfica. 

Relativamente a João Magalhães, libero de posição, teve na "sombra" de João Coelho na última época, mas, apesar disso, contribuiu na fase decisiva para a conquista do Campeonato. É o denominado "bom suplente". Jogador útil, dá tudo quando é chamado para a quadra e normalmente transmite alguma segurança à equipa. 

Parabéns Hugo Gaspar e João Magalhães. Parabéns SL Benfica.

sexta-feira, 28 de junho de 2013

Saídas confirmadas no Hóquei em Patins

O SL Benfica acaba de confirmar a não renovação do contrato com Luís Sénica, Nuno Ferrão, Luís Viana, Ricardo Silva e Cacau.
Sendo assim perspetiva-se efetivamente algumas alterações no Hóquei em Patins benfiquista, depois da conquista da Liga Europeia na última época. Agora há que recuperar a hegemonia nacional.

A Direção do SL Benfica esteve bem em agradecer o contributo importante que cada um dos visados deu ao nosso clube. Tratam-se sem dúvida de nomes que ficarão para sempre na História do SL Benfica.

Obrigado a todos e votos de muito sucesso para o futuro!


De seguida segue o comunicado oficial do SL Benfica. 


"COMUNICADO (exclusivo Facebook Oficial Sport Lisboa e Benfica - Modalidades):


Hóquei em Patins: agradecimento a cinco profissionais 



No próximo dia 30 de Junho os técnicos Luís Sénica e Nuno Ferrão e os atletas Luís Viana, Ricardo Silva e Cacau terminam contrato com o Clube e não vão continuar a fazer parte da equipa de Hóquei em Patins. O Sport Lisboa e Benfica agradece o empenho, dedicação e profissionalismo que estes profissionais sempre demonstraram e neste momento de despedidas recorda a parte da história que ajudaram a construir:

•Luís Sénica : 4 épocas /2 Supertaças/1 Campeonato Nacional /1 Taça Portugal/1 Taça Cers /1 Taça Continental/1 Liga Europeia 

•Nuno Ferrão: 4 épocas/2 Supertaças/1 Campeonato Nacional /1 Taça Portugal/1 Taça Cers /1 Taça Continental/1 Liga Europeia 

•Luís Viana: 3 épocas/2 Supertaças/1 Campeonato Nacional/1 Taça Cers /1 Taça Continental/1 Liga Europeia 

•Ricardo Silva: 4 épocas /2 Supertaças /1 Campeonato Nacional/1 Taça Portugal/1 Taça Cers/1 Taça Continental/1 Liga Europeia 

•Cacau : 3 épocas/2 Supertaças/1 Campeonato Nacional/1 Taça Cers/1 Taça Continental/1 Liga Europeia.

Cada um destes profissionais deixa a sua marca na grandiosa história do Sport Lisboa e Benfica e estamos certos que a sua relação com o Clube será para sempre: uma vez Benfica, Benfica para sempre.
Felicidades e muito obrigado!"


Fonte:

quinta-feira, 27 de junho de 2013

No Voleibol benfiquista, mais um Campeão renovou...

O camisola 16 da equipa de Voleibol do SL Benfica, Zelão, renovou o seu contrato com o actual Campeão Nacional da modalidade. 
Faz todo o sentido manter a base da equipa que venceu o campeonato anterior. Uma verdadeira equipa. 

Quanto a Zelão, é um central que, quando chamado à titularidade, apresenta muita qualidade no seu jogo. Um jogador muito apreciado pela massa associativa benfiquista, um senhor quanto ao respeito que tem pelos adeptos das nossas modalidades e um homem fundamental para fazer um bom balneário. Um Campeão.

Quero conquistar tudo a nível nacional na próxima temporada. Tudo.

Parabéns Zelão. Parabéns SL Benfica.

Mais uma renovação no Andebol encarnado...

O lateral direito da equipa de Andebol do SL Benfica, Inácio Carmo, renovou o vínculo contratual que o liga ao clube. 
Além desta, já temos confirmadas de forma oficial as renovações de António Areia e João Pais nesta secção da família do ecletismo encarnado.

Um renovação justa, pois Inácio Carmo teve um desempenho de grande qualidade e muito importante no plano defensivo desde que está no nosso clube. Porém, na fase ofensiva do jogo, não apresenta a qualidade de épocas anteriores, pois os seus 35 anos já "pesam". 

Como já referi, é obrigatória a conquista do Campeonato 2013/2014. Sem desculpas.

Parabéns Inácio Carmo. Parabéns SL Benfica. 

quarta-feira, 26 de junho de 2013

O plantel de Andebol começa a ganhar forma...

Os andebolistas do SL Benfica António Areia e João Pais renovaram contrato com a nossa instituição. Assim, o plantel da secção de Andebol para a próxima temporada começa a revelar-se. Faltam ainda decisões importantes sobre entradas e saídas de jogadores. 

Com a iminente saída de David Tavares (não faz sentido), penso que António Areia irá assumir maior protagonismo na nossa equipa na próxima época. É um ponta direito de inegável qualidade que está desde o escalão de Juvenis no Benfica, mas que, no nosso clube, nunca teve muito espaço (minutos) para poder demonstrar, de forma constante, todo o seu talento. Vem aí a oportunidade e não a pode desperdiçar. 

Quanto a João Pais, ponta esquerdo de posição, irá continuar na "sombra" de Dario Andrade. É um jogador útil que, pela sua personalidade, permite construir um bom grupo, o que também é muito importante num colectivo, apresentando sempre qualidade quando chamado a fazer a sua posição. 

Espero que entendam que esta secção precisa muito de conquistar o Campeonato. Não se pode continuar a perder jogos/pontos contra equipas como Águas Santas, ABC, Sporting ou Sporting da Horta, com todo o respeito que tenho por elas.

Parabéns António Areia e João Pais. Parabéns SL Benfica.



terça-feira, 25 de junho de 2013

Mais duas renovações no Bi Campeão Nacional...

Os atletas da equipa de Basquetebol do SL Benfica, Frederick Gentry e Pedro Belo, renovaram os respectivos contratos com o clube. 
Depois das renovações de Betinho e Diogo Carreira, a aposta é na manutenção da base do bicampeão Nacional da modalidade.

Merecida a renovação de Frederick Gentry. Um extremo-poste que fez uns playoffs de grande qualidade na época que há pouco findou. Um basquetebolista muito inteligente na sua forma de jogar, com bom lançamento de média distância, bom defensor e com muita presença na luta dos ressaltos. Sem dúvida, um jogador muito útil apesar dos seus 35 anos de idade. 

Quanto a Pedro Belo penso estar na altura de ser emprestado e ser aposta de forma regular. Um jovem com características físicas raras e importantes para a modalidade, mas que claramente precisava de jogar muitos minutos para evoluir. 

Parabéns Fred Gentry e Pedro Belo. Parabéns SL Benfica.


Fora dos Pavilhões

Aproveito este post para resumir o que se passou no último fim-de-semana de destaque para o SL Benfica, para além das modalidades de pavilhão.


Começou oficialmente o Campeonato Nacional de Voleibol de Praia, com a 1ª etapa a ser realizada na praia de Carcavelos. A dupla benfiquista e tricampeã nacional, composta por Kibinho e Roberto Reis (http://benficaecletico.blogspot.pt/2013/06/renovacoes-continuam-agora-no-voleibol.html), que integra o Projeto Benfica Olímpico, classificou-se no 1º lugar ao derrotar, na Final,  a dupla Cruz/Pedrosa por 2-0, com os parciais 21-16 e 21-17. No próximo fim de semana (28-30 Junho) disputa-se a 2ª etapa em Amares.


Resultados oficiais da 1ª etapa do CN Voleibol de Praia de Duplas:
http://www.fpvoleibol.pt/CNVP2013/duplas/01_carcavelos/resultados_masc_P.htm




Em Atletismo, tivemos este fim-de-semana mais uma prova de que o trabalho está a ser muito bem feito, muito devido à coordenadora Prof. Ana Oliveira. Quer em Masculinos, quer em Femininos, o SL Benfica sagrou-se Campeão Nacional em Juvenis ao Ar Livre! Em Masculinos conseguimos o tricampeonato e em Femininos somos Bicampeões.




Realce para o Campeonato da Europa das Nações, onde estiveram presentes 21 atletas benfiquistas, Masculinos e Femininos, a representar Portugal. A nossa Seleção alcançou o 5º lugar final e, como tal, não conseguiu subir à Superliga. Alberto Paulo foi o nosso melhor representante ao conseguir o 2º lugar na prova dos 3000 m Obstáculos. Marco Fortes foi 3º classificado no Lançamento do Peso, tal como Hélio Gomes nos 1500 m e o trio Arnaldo Abrantes, Diogo Antunes e Ricardo Monteiro na Estafeta 4x100 m.

Destaque também para Rubem Miranda que bateu o recorde nacional de Sub-23 do Salto com Vara, em Lisboa, no Campeonato Regional de Esperanças, com 5,42 m!

Época 2013/2014 - "As Sugestões"

Não sou o dono da verdade. Muito menos me quero considerar mais inteligente do que aqueles que mandam no clube. Mas, atendendo a que, na próxima época, o objectivo é "Fazer mais com menos", passo a enunciar quais seriam as minhas opções para cada secção do clube. Não considero nenhuma irreal. Sei muito bem que a contratação de alguns jogadores/técnicos será difícil, mas para isso é que eu e muitos pagámos as quotas de sócio. Queremos competência e qualidade dentro de cada modalidade do clube. Penso que mais do que qualquer opção, o acompanhamento do dia-a-dia e jogos das modalidades de pavilhão pela direcção do clube devia ser mais próximo, assim como o presidente do clube devia estar muitas vezes presente a assistir aos jogos importantes de cada secção. 


SPORT LISBOA E BENFICA – 2013/2014

VOLEIBOL

Oposto: Hugo Gaspar, Ché

Zona 4: Roberto Reis, André Lopes, Ricardo Lima, Afonso Guerreiro

Central: João José, Zelão, Kibinho

Líbero: João Coelho, João Magalhães

Distribuidor: Miguel Tavares, Pedro Sousa

Treinador: Hugo Silva (GC Vilacondense)

Director Desportivo: Rui Guedes

Saídas: Vinhedo, Reffatti, Reidel, Honoré

Entradas: André Lopes, Ricardo Lima, João José, Pedro Sousa


É uma equipa Campeã Nacional com todo o mérito. No entanto, penso que seria a altura ideal para a saída do técnico José Jardim. Admiro-o muito pela forma como lutou pelo nosso Voleibol, pelo seu benfiquismo e por tudo aquilo que conquistou pelo clube, mas o seu ciclo chegou ao fim. Sair Campeão era de facto especial para quem tanto deu à modalidade. Não gosto muito da sua maneira de gerir os recursos. Penso que cometeu erros primários ao longo de encontros decisivos e perdeu duas finais (2010/2011 e 2011/2012) de forma inadmissível.
A solução para o nosso comando técnico era Hugo Silva, técnico do Vilacondense na última época. Acompanho este técnico há alguns anos e penso ter grande qualidade. Jovem, tira o máximo de cada jogador e tem feitos bons trabalhos pelos clubes que tem representado.  
Quanto ao plantel, a saída de Vinhedo é inevitável. Um jogador com mercado no Brasil e que irá para uma das melhores equipas de um melhores campeonatos do mundo. A saída de Reffati também penso ser inevitável, pois é um jogador que pretende fazer carreira no seu país. Optava pela saída de Honoré pois, apesar de considerá-lo um grande jogador, preferia a opção João José, isto considerando que, a nível orçamental, seria incomportável os dois juntos na mesma equipa. Quanto a Reidel trata-se de um jogador muito irregular em todos os capítulos de jogo, apesar de estar no clube há muitos anos, daí também defender a sua saída.
Ao nível das contratações, como já referi, optava por João José para Central. Um dos melhores centrais do Mundo e que nunca foi Campeão em Portugal. Um craque, um senhor jogador que penso ter a pretensão de vir para o seu país. Para "zonas 4", contratava o "nosso" André Lopes e Ricardo Lima. André Lopes, um jogador de Selecção Nacional que está sem clube e que já passou pelo Benfica com enorme sucesso. Um excelente jogador e um fantástico servidor (algo que precisámos muito). Ricardo Lima, um atacante que fez um grande época no Castêlo da Maia em 2012/2013, foi dos melhores pontuadores e servidores do Campeonato Nacional passado. Um bom reforço e barato. Quanto à posição de distribuidor, apostava em Pedro Sousa para fazer concorrência ao Miguel Tavares. Pedro Sousa fez uma época em Guimarães onde foi, para mim, uma das revelações do Campeonato. 
Somando tudo isto a uma base constituída por Hugo Gaspar, Roberto Reis, João Coelho, Zelão, Kibinho, Miguel Tavares, aos sempre muito úteis Ché, João Magalhães e a mais um jovem da formação - Afonso Guerreiro -, temos uma equipa que será a principal candidata a vencer tudo em Portugal. 




BASQUETEBOL

Base: Diogo Carreira, Tomás Barroso, Nuno Oliveira

Base-Extremo: Carlos Andrade, José Silva

Extremo: Betinho, Carlos Ferreirinho

Extremo-Poste: Seth Doliboa, Nuno Cortez

Poste: Cláudio Fonseca, Frederick Gentry, Cândido Sá

Treinador: José Ricardo Rodrigues

Director Desportivo: Carlos Lisboa 

Saídas: Miguel Minhava, Ricky Franklin, Lace Dunn, Heshimu Evans, Elvis Évora

Entradas: Nuno Oliveira, José Silva, Carlos Ferreirinho, Nuno Cortez, Cândido Sá


Uma secção à Benfica. Bicampeões Nacionais. Na observação feita ao plantel dos últimos anos, penso ser necessário um rejuvenescimento da nossa equipa de Basquetebol. Juntando a isto um corte orçamental necessário, visto a concorrência ser cada vez mais debilitada, penso ser o plantel acima enunciado aquele que poderia continuar a dominar em Portugal. 
Para continuar com a nossa hegemonia na modalidade e precaver um eventual regresso à modalidade do Porto, temos que ter os melhores portugueses, de preferência jovens com largo futuro pela frente.
Começando pelo comando técnico, sempre afirmei que não gosto do treinador Carlos Lisboa. Gere mal a equipa e, apesar de ter notado melhorias de época para época, não consegue espremer toda a qualidade do plantel. Não consegue fazer evoluir os jogadores. Colocaria Carlos Lisboa como Director Desportivo da modalidade pelo seu conhecimento e benfiquismo que é preciso incutir no clube. 
A minha solução é José Ricardo Rodrigues, treinador do Barcelos. Um líder nato. Um técnico que faz com que os jogadores acreditem que aquilo que ele pretende é o melhor para a equipa. Fez um grande trabalho no Barcelos que, na última época, levou aos Playoffs. Quem trabalha com ele, sabe bem o que significa a palavra "evolução".
Quanto ao plantel, optava pela saída dos veteranos Heshimu Evans (37 anos) e Elvis Évora (35 anos). Heshimu, pois já muito fez pelo clube e a sua carreira está no fim. Élvis, porque penso que o próximo ano será o da aposta total em Cláudio Fonseca. Muito obrigado ao Heshimu Evans e Élvis Évora. Lace Dunn, pela sua enorme qualidade e por ser um jogador com muito mercado em países com muito mais competitividade (desportiva e financeiramente), será muito complicado de segurar em Portugal. 
Relativamente a Minhava e Franklin, são dois jogadores que dispensava. Para a posição de base, temos duas soluções com mais qualidade (Tomás e Diogo). Minhava já pouco contou esta época e Franklin é um americano que não faz sentido manter no plantel, pois não faz a diferença.
Nas entradas para o plantel, apostava em jovens portugueses com muito potencial. Jogadores de Selecção Nacional como Nuno Oliveira e José Silva. O primeiro é um base que nos próximo anos aposto que será o melhor em Portugal. Defende muito bem, muito agressivo no ataque, mas tem que melhorar o seu lançamento exterior. Já José Silva é um atirador que brilhou em Guimarães, proveniente das escolas do Barreiro, que juntamente ao regresso de Ferreirinho seria um enorme "upgrade" ao nosso jogo exterior. Depois iria buscar o Nuno Cortez que penso ser o português mais dominante no jogo interior. É jogador para 18/20 pontos e 10 ressaltos de média. Tem 30 anos.
De resto, continuava com o núcleo base da equipa Campeã Nacional: Diogo Carreira, Tomás Barroso, Carlos Andrade, Betinho, Doliboa e Gentry. 
Também integraria o jovem Cândido Sá, oriundo da nossa formação, pois parece-me um jogador já com potencial para integrar a nossa equipa principal. Grande ressaltador. 
Na próxima época, obviamente o objectivo é ganhar tudo. E com tudo, quero dizer que é para vencer finalmente a "maldita" Taça de Portugal.



HÓQUEI EM PATINS

Guarda-Redes: Guillem Trabal, Pedro Henriques

Defesas/Médios: Valter Neves, Tuco, Diogo Rafael, João Rodrigues, Miguel Rocha

Avançados: Montivero, Carlos Lopez, Guilherme Silva

Treinador: Vitor Fortunato

Director Desportivo: Luís Ferreira 

Saídas: Ricardo Silva, Marc Coy, Cacau, Luís Viana

Entradas: Guillem Trabal, Miguel Rocha, Montivero, Guilherme Silva


Os novos Campeões da Europa. Não podemos relaxar à custa da grande conquista da época que agora terminou. Temos que recuperar o título nacional e conquistar a Taça de Portugal. 
Também alterava o comando técnico desta secção. É verdade que Luís Sénica ganhou todas as competições ao longo dos últimos 4 anos, mas também não é mentira que perdeu mais competições que ganhou. Não deixa de ter mérito em tudo que conquistou, contudo penso que o seu ciclo no clube terminou. Agradeço por tudo aquilo que deu ao clube.
A minha aposta para treinador da nossa equipa de Hóquei em Patins era Vítor Fortunato. Um homem que "sabe tudo" sobre a modalidade. Um Benfiquista muito competente. Basta conhecer o seu trabalho na Física para perceber toda a sua qualidade. A seu lado, como Director Desportivo optaria por Luís Ferreira. Outra ex-glória do clube que respira Benfica, com grande conhecimentos sobre a modalidade e conhecedor profundo do mercado. Também é preciso Benfiquistas nas modalidades do clube. Têm é que ser competentes. 
Na baliza, a substituição de Ricardo Silva por Guillem Trabal é um grande acréscimo de qualidade e que pode ser muito importante para as grandes decisões. Ricardo Silva fez grandes actuações com a nossa camisola mas, nos jogos decisivos, raramente faz a diferença. Espero isso de um dos melhores do Mundo: Trabal. 
O regresso de Miguel Rocha é obrigatório. É da nossa formação e fez um grande época na Oliveirense. Um dos melhores jogadores jovens do Mundo. Assim, dispensaria os préstimos de Coy que nunca mostrou qualidade acima da média no Benfica. Ao nível dos avançados, Luís Viana já não é o craque dos grandes jogos, apesar do seu enorme valor, e a contratação de Montivero seria fundamental, pois, além de excelente jogador, é um bom executante de bolas paradas. Se o orçamento permitisse, manteria no plantel o Cacau, caso contrário faria subir ao plantel principal o Guilherme Silva (jogador da nossa equipa B e de Júniores), que é um dos grandes valores do futuro.
O objectivo principal tem que ser o Campeonato Nacional. Não podemos facilitar em nenhum jogo e temos que ser muito eficazes na bola parada em jogos equilibrados. A luta pela conquista da Taça de Portugal, bem como da Supertaça Europeia e Taça Intercontinental são também objectivos da época 2013/2014.



ANDEBOL

Guarda-Redes: Hugo Figueira, Miguel Ferreira

Central: Tiago Pereira, Pedro Cruz, Hugo Lima

Pivot: José Costa, João Antunes

Lateral Esquerdo: Elledy Semedo, Fábio Magalhães, Álvaro Rodrigues

Lateral Direito: Inácio Carmo, Belone Moreira

Ponta Esquerdo: Dario Andrade, João Pais

Ponta Direito: David Tavares, Davide Carvalho

Treinador: Paulo Fidalgo

Director Desportivo: Carlos Resende 

Saídas: Vicente Álamo, Ricardo Candeias, João Ferreirinho, Carlos Carneiro, Nuno Grilo, Davor Cutura, João Lopes, Cláudio Pedroso, António Areia

Entradas: Hugo Figueira, Pedro Cruz, João Antunes, Elledy Semedo, Fábio Magalhães, Belone Moreira 


A "vassourada" tem que ser real. Acabar com vícios perdedores, dirigentes incompetentes e "vacas sagradas" dentro desta secção. 
Optaria pela não inscrição desta equipa nas competições europeias. Não merecem esse esforço por parte do clube. 
Além do mais, penso ser justo desinvestir um pouco numa modalidade que poucos sucessos trouxe ao clube nas últimas épocas. Contratos por objectivos deviam ser feitos nesta e em todas as outras secções.
Ao nível do comando desta secção entregava-o a Carlos Resende. Sei muito bem que parece um opção irreal pelo seu passado no Porto mas se lhe apresentarem um bom projecto com futuro é alguém com muita competência para ajudar a concretizá-lo. É um senhor que conhece como ninguém o Andebol Nacional. 
Para dirigir a equipa optava pela saída de Jorge Rito e entrada de Paulo Fidalgo. Jorge Rito falhou quando lhe foram dadas todas as condições para o sucesso. Paulo Fidalgo, além de ser um técnico com vastos conhecimentos, é alguém que tem uma personalidade que enquadra naquilo que é necessário nesta secção: disciplina e liderança.
O desinvestimento passa pelas saídas de Vicente Álamo (grande qualidade, mas penso que pretende seguir para Espanha) e Davor Cutura (nunca fez a diferença para um estrangeiro no nosso Andebol). Os guarda-redes Candeias e Ferreirinho fruto das várias lesões e do pouco tempo de utilização nunca mais foram os mesmos e, como tal, optava pela sua saída. João Lopes já não acrescenta nada à equipa. Nuno Grilo era o melhor jogador do Campeonato antes da chegada ao Benfica e aqui nunca mostrou o seu real valor. Não sei os motivos mas durante dois anos não jogou nada. Sempre alheado dos jogos parecendo até que estava a fazer um "frete". Muito estranho. As saídas mais sonantes que faria eram as de Carlos Carneiro e Cláudio Pedroso. Falando deste último, penso ser uma promessa nunca concretizada. Foram já muitas as oportunidades dadas e nunca confirmou todo o potencial que tem. Uma aventura no estrangeiro não lhe faria mal para ajudar ao "sim ou sopas". Quanto a Carlos Carneiro, sempre deu tudo pelo clube, foi fantástico no ano do título (já lá vão 5 anos), é um dos melhores jogadores portugueses, mas sinto que tem demasiado "poder" dentro da secção. Parece ter lugar sempre assegurado, quer jogue bem ou mal. Precisava de um "Donner" para o colocar no sítio. 
Visto existir um grande corte orçamental no nosso rival da 2ª circular, iria fazer um esforço para ir lá buscar alguns jogadores. Hugo Figueira na baliza. O melhor Guarda-Redes português. Fábio Magalhães para Lateral Esquerdo, jovem com grande valor que, com um Paulo Fidalgo a comandar, iria evoluir muito, principalmente a nível ofensivo. João Antunes, regresso do "nosso" pivot, para fazer concorrência a José Costa e que pode ser fundamental na nossa organização defensiva. Três jogadores que poderiam acrescentar qualidade em posições carenciadas.
Também traria os dois laterais do Belenenses no inicio da época que agora findou: Elledy Semedo e Belone Moreira. Acompanhei-os em vários jogos e penso serem bons reforços para a 1ª Linha encarnada. É necessário ganhar poder de "fogo" e com Elledy isso pode ser uma realidade. O Belone é um jogador mais cerebral, muito inteligente e que pode ser importante em jogos decisivos. 
Se o orçamento esticar, iria à Maia contratar o central Pedro Cruz que foi o melhor da época passada. Marca e dá muitos golos a marcar. É top nacional. Não sendo possível, temos como segunda opção o nosso jovem da formação Hugo Lima que faz parte de uma geração muito talentosa. É o melhor jogador da nossa equipa vice-campeã nacional de Júniores. Tem que ser aposta.
Tenho que ser realista e se o Porto mantiver a sua equipa na totalidade, é o principal favorito ao título. No entanto, com toda esta estrutura acredito que o SL Benfica não irá perder mais com Águas Santas, Horta e ABC. E é aí que temos perdidos os últimos campeonatos. 
Partindo como "outsiders" podemos lutar e ganhar todos os troféus na próxima época. 



FUTSAL

Guarda-Redes: Marcão, André Sousa, Carlos Paulo

Fixo: Gonçalo Alves, Ricardo Fernandes

Ala: Marinho, Bruno Coelho, Paulinho, Bruno Pinto, Rafael Henmi, Amílcar, Diece

Pivot: César Paulo, Noé Pardo 

Treinador: Adil Amarante

Director Desportivo: Alípio Matos 

Saídas: Bébe, Davi, Diego Sol, Vitor Hugo, Joel, Néne, Teka

Entradas: Ricardo Fernandes, Paulinho, Bruno Pinto, Rafael Henmi, Amílcar, Noé Pardo 


Temos vindo a assistir, pese embora os títulos, a um decréscimo de qualidade dos plantéis do Futsal do SL Benfica. Aliado a isso, a veterania de bastantes elementos do plantel tem como consequência a perda da hegemonia nacional que chegámos a deter. Aliás, há 3 anos, éramos Campeões da Europa. 
Temos que devolver o comando do nosso Futsal a quem nos trouxe mais competência e muitas alegrias: Adil Amarante. Não vejo melhor solução para trazer a nossa secção aos tempos de glória. 
Alípio Matos como Director Desportivo, penso ser uma boa solução. 
Relativamente ao plantel, penso ser necessária uma pequena revolução. Davi já não é o mesmo de outros tempos, Diego Sol acrescenta muito pouco ao colectivo, Néne não tem qualidade para jogar no Benfica, o tempo de Bébe penso ter terminado e Joel é um grande jogador/goleador mas é um foco de problemas dentro e fora do campo.
A contratação de jovens jogadores de Selecção e com muita qualidade faz portanto todo o sentido. É aí que se enquadram as aquisições de Ricardo Fernandes, Paulinho e Bruno Pinto.   Também ia a Braga para trazer Amílcar que me parece um dos melhores desequilibradores do Campeonato e que faz muito falta à nossa equipa. Na baliza, André Sousa parece-me o melhor guarda-redes nacional e com largo futuro pela frente. O jovem prodígio Rafael Henmi vindo do Japão é um excelente reforço para trazer magia e a criatividade que o colectivo necessita. O pivot Noé Pardo que actua no Fundão era uma boa aquisição para a posição especifica de pivot, pois tem características diferentes de César Paulo (não caminha para novo), contudo é alguém que marca bastantes golos e tem muita qualidade técnica pelo que pude observar. 
O objectivo é a conquista de todos os troféus, a nível nacional. Recuperar a hegemonia perdida nesta modalidade tão querida para os sócios e adeptos do clube.  


Apesar destas minhas sugestões, quero acima de tudo que todas as modalidades de pavilhão do SL Benfica consigam atingir os seus objectivos principais. GANHAR tem de ser o verbo melhor conjugado dentro do clube. 

Por todos aqueles que vos apoiam na Luz e por todo este país, gostava muito de, no fim da época 2013/2014, dizer que fui Campeão Nacional nas cinco modalidades de pavilhão.


Está aberto o debate...



Porque o SL Benfica não é só Futebol...


SPORT LISBOA E BENFICA!!! 1904!!!

segunda-feira, 24 de junho de 2013

Temos Capitão no nosso Basquetebol...

O basquetebolista do SL Benfica Diogo Carreira renovou o vínculo laboral que o liga ao clube. Assim vai para a sexta época com o manto sagrado vestido. Apresenta, no seu currículo, quatro Campeonatos, três Supertaças, duas Taças Hugo dos Santos e três Troféus António Pratas.

É um base muito dinâmico, excelente atirador e que assume sempre a responsabilidade nas fases decisivas do jogo, basta relembrar o jogo decisivo do Campeonato 2011/2012. Penso que merece bem mais minutos do que teve na última temporada. O processo defensivo é o seu maior defeito. 

Irá ser o nosso capitão em 2013/2014 e espero que nos guie à conquista de todos os troféus (a Taça de Portugal não pode escapar) a nível nacional. Quero prolongar por muitos anos a nossa hegemonia.

Parabéns Diogo Carreira. Parabéns SL Benfica.


Tudo na mesma no Andebol...

O treinador da equipa de Andebol do SL Benfica, Jorge Rito, renovou o seu contrato com o clube. Vai assim começar a sua terceira época no comando técnico encarnado.

Nas duas épocas anteriores apenas venceu uma Supertaça. Principalmente em 2012/2013, teve os jogadores que queria à sua disposição e mesmo assim falhou em toda a linha.

Portanto, desde já, assumo que não estou de acordo com este prolongamento do vinculo laboral com o SL Benfica.

Apesar de tudo isto, é o meu treinador e aquele a quem desejo que vença todas as competições nacionais na próxima temporada.


domingo, 23 de junho de 2013

Porque o SL Benfica não é só Futebol...

Durante este fim-de-semana, o Pavilhão Império Bonança foi o palco da tristeza para o Futsal Benfica. Perante um pavilhão cheio, o Sporting foi mais forte e acaba por ser um justo campeão após estas duas vitórias. No entanto, não deviam precisar de tanta ajuda arbitral para alcançarem os seus objectivos. Infelizmente, tivemos o desfecho esperado.

O terceiro jogo desta Final resultou numa vitória do Sporting por 2-4, em pleno Pavilhão da Luz lotado. Foram, de facto, a melhor equipa, num fraco jogo de Futsal, marcado por erros de arbitragem que influenciaram o resultado da partida.  
As duas equipas entraram em jogo muito cautelosas, sem correr grandes riscos. Consequentemente foram criadas poucas oportunidades de golo. 
Por volta dos 8 minutos de jogo, Joel quebrou a monotonia no jogo e inaugurou o marcador após fantástico trabalho de César Paulo. Contudo, o SL Benfica foi pouco inteligente, sendo demasiado agressivo e chegando assim à 5ª falta ainda na primeira metade do encontro. A 7 minutos do intervalo, a castigar a 6ª falta do Benfica por mão de Diece, Divanei restabeleceu o empate no jogo. No minuto seguinte, um erro incrível de Joel permitiu a Alex fazer o 1-2 com a baliza deserta, pois Bébe encontrava-se na ala contrária numa jogada de estratégia para saída de pressão.
Era, então, a vez do conjunto encarnado ir em busca do prejuízo. No entanto, o conjunto comandado por João Pinto não apresentava dinâmica no seu jogo, sendo assim muito previsível nas suas acções. Apesar disso, César Paulo sofre falta de Djo dentro da área, ficando um penalty por marcar. 
O descanso chegou com o Sporting em vantagem no desafio. 
Na etapa complementar, o Sporting entrou muito forte construindo algumas ocasiões de golo. Numa dessas jogadas de perigo, Marcelinho acabou por fazer o 1-3, após boa jogada de Alex. 
Um Benfica pouco concentrado e inteligente, muito previsível estava a ser incapaz de derrubar a boa organização defensiva sportinguista. O que não desculpa o facto da dupla de arbitragem não ter visto uma falta clara de Benedito sobre César Paulo dentro de área, ficando mais um penalty por marcar a favor dos encarnados. Imperdoável. 
A 4 minutos do fim, o conjunto benfiquista lança a última cartada em jogo: o seu 5x4 com Diego Sol como guarda-redes avançado. Não deu resultado e até foi o Sporting, por intermédio de Alex, a aumentar a diferença no marcador. Até ao final, Joel ainda reduziu num penalty (que o árbitro só marcou porque já não interessava e... até nem era falta) para o 2-4 final.

No Domingo, no quarto jogo desta Final, nova vitória do Sporting por 1-3 frente ao SL Benfica. Triunfo que determina a conquista do título para a equipa de Alvalade. Novamente a arbitragem teve influência no resultado. O abjecto chamado Miguel Albuquerque, com aquela ridícula e parola conferência de imprensa, conseguiu o que queria. Pressão para cima das equipas de arbitragem dos jogos seguintes e assim conseguir obter "bons" resultados. Uma vergonha.
Passando ao jogo em campo, a equipa comandada por João Pinto entrou por cima no jogo. Contudo, foi Alex, num remate muito consentido por Bébe, que inaugurou o marcador com cerca de 3 minutos de jogo.
Apesar disso, o Benfica continuou com maior qualidade no encontro, tendo falhado várias ocasiões de golo. Fomos muito ineficazes. Já com o Sporting com 5 faltas, Djô faz uma falta clara sobre Diece e o árbitro, a 1 metro do lance, assinala simulação do nosso jogador. Inacreditável e escandaloso. 
A nossa equipa foi em busca do empate e conseguiu lograr o mesmo através de Nenê, após boa jogada de Bruno Coelho. 
Até ao intervalo, o conjunto benfiquista mantinha-se superior e Divanei impediu o possível 2-1 sobre a linha de golo, após uma excelente execução de Bruno Coelho. O empate a uma bola no descanso era claramente injusto, atendendo à melhor exibição encarnada. 
Na segunda parte, existiu maior equilíbrio no desafio. Ambas as equipas a criar algumas ocasiões de golo, às quais os guarda-redes Bebe e Benedito responderam da melhor maneira. 
A 10 minutos do fim do tempo regulamentar, na sequência de uma reposição simples lateral, Marcelinho antecipa-se a Diego Sol e coloca o Sporting em vantagem. 
Assim cabia ao Benfica ir atrás do prejuízo, mas frente a um Benedito inspirado e uma boa organização defensiva, não conseguia chegar ao empate. 
Então, a 3 minutos do fim, João Freitas Pinto decidiu arriscar tudo com Diego Sol como guarda-redes avançado. Aí, o Benfica teve muito perto do golo, com Davi a falhar à boca da baliza e César Paulo a ver Benedito negar-lhe o golo, através de uma grande defesa com o pé. No entanto, a pouco mais de 1 minuto do fim, Diece foi expulso de uma forma estranha e confusa e ali ficou praticamente sentenciado o título. Já a 9 segundos do final, Caio Japa ainda fez o resultado final (1-3) atirando para uma baliza deserta. 

Em suma, o Benfica durante toda esta época foi inferior ao rival. Um plantel envelhecido e com baixa qualidade em alguns sectores perante um Sporting forte colectivamente com Alex e Divanei a desequilibrar. A mudança de treinador trouxe alguns aspectos positivos, mas era difícil fazer melhor. Nesta Final, Marcão e Vitor Hugo lesionaram-se, César Paulo, Gonçalo Alves e Joel não estavam nitidamente nas melhores condições físicas, portanto estávamos a pedir um milagre a este técnico. E milagres poucas vezes acontecem.

Quanto a modalidades de pavilhão do SL Benfica, temos que esperar por finais de Agosto/inícios de Setembro para as voltar a ver em campo. Até lá, é precisa muita competência na preparação da época 2013/2014. 





Porque o SL Benfica não é só Futebol...


SPORT LISBOA E BENFICA!!! 1904!!!