terça-feira, 19 de novembro de 2019

Porque o SL Benfica não é só Futebol...

No cômputo geral o fim de semana transacto foi positivo para as cores encarnadas. De negativo há a registar o desaire do Andebol na Croácia, no entanto na Luz temos legítimas possibilidades de dar a volta ao texto.

Fique com uma breve noção acerca de cada desafio enfrentado.


Desfecho previsível. O Benfica trucidou o Terceira Basket, por 111-58, em jogo relativo à 7ª Jornada da 1ª Fase do Campeonato Nacional de Basquetebol.

Perante uma vitória desta envergadura pouco ou nada há a dizer, até por respeito ao adversário que indiscutivelmente traduz bem o quão medíocre é esta modalidade no caso português. O Benfica defrontou a formação mais frágil do campeonato. Nos lugares cimeiros da tabela classificativa não se registaram quaisquer alterações.

À excepção do 1º Período (19-15), onde o adversário tentou retardar ao máximo o que era expectável que ia acontecer, o jogo foi de sentido único, com total domínio encarnado. As águias com o passar do tempo foram alargando a vantagem. O 55-26 ao intervalo deixava antever que a fasquia dos 100 pontos iria ser derrubada sem dificuldade. E assim se concretizou, e muito à custa de uma tarde inspirada nos lançamentos de longa distância por parte de Toure' Murry, tendo logrado 8 triplos (!). Ênfase também para as 17 assistências protagonizadas por Rafael Lisboa.

Resultados Finais da 7ª Jornada (1ª Fase)

SL BENFICA 111-58 Terceira Basket
V. Guimarães 78-82 FC Porto
Lusitânia 106-79 Illiabum
CAB Madeira 81-76 Ovarense
Maia Basket 78-88 Galitos Barreiro
Esgueira 78-90 Sporting
Barreirense 80-89 Oliveirense


Sucumbimos no primeiro confronto mas ainda podemos vencer a batalha. Na Croácia, as águias do Andebol perderam por 30-26, na 1ª Mão da 3ª Ronda da Taça EHF.

O RK Nexe contou com o apoio de uma boa e entusiástica moldura humana e construiu uma vitória justa. Refira-se que nada está decidido. O cenário é duro e a missão é complexa, porém na Luz podemos remontar. Necessitamos imperativamente de maior consistência defensiva e mais desenvoltura no ataque.

Depois de uns min iniciais pautados pelo equilíbrio, os croatas passaram a tomar conta da partida com um parcial de 6-0. O Benfica ficou desorientado, revelando nítidos problemas no ataque, esbarrando vezes sem conta no guardião oposto, e na defesa reinava a passividade. Por isso não foi de estranhar o 18-12 verificado ao intervalo. Péssima primeira parte. Incrível a apetência do Andebol encarnado para estes momentos de pura quebra.

Enjeitada a possibilidade de ganhar, o importante era não perder por muitos de molde a manter a eliminatória em discussão. Nos segundos 30 min, já houve mais Benfica, muito embora ainda se tenham assistido a várias desconcentrações que foram bem aproveitadas pelos locais. Continuamos num nível exibicional algo cinzento, por isso é que não conseguimos encurtar mais a diferença. O que nos leva a crer que na Luz se estivermos ao nosso melhor nível, ou próximo disso, temos mais do que argumentos para virar o tabuleiro a nosso favor. Por outro lado, os croatas demonstraram que têm algumas debilidades e se forem devidamente apertados irão por certo passar por dificuldades.

Faltou-nos maior solidez defensiva. Em jogos deste grau, não podemos em momento algum descurar o momento defensivo. No ataque há evidentemente também muito para evoluir (não podemos estar tanto tempo sem marcar como se sucedeu na 1ª parte), sobretudo no ataque organizado, até porque não é saudável estarmos constantemente dependentes do atirador Petar Djordjic, pois isso por si só não chega. Exemplo, é o facto do sérvio se ter cotado como o melhor marcador do jogo, com sete golos.

Resultado Final da 1ª Mão da Taça EHF (3ª Ronda)

RK Nexe 30-26 SL BENFICA


Na Liga Europeia de Hóquei em Patins, o Benfica averbou mais três pontos. A viagem até Itália correu bem, tendo suplantado por 2-7 o Hockey Sarzana, numa partida referente à 2ª Jornada. Uma palavra de gratidão para as duas dezenas de benfiquistas que apoiaram de forma fervorosa os rapazes da Luz. Enorme minoria!

Desengane-se quem ouse pensar que foi tarefa fácil. Porque não foi. O Benfica sentiu dificuldades, sobretudo na primeira metade do segundo tempo. Claro está que houve mérito de Bertolucci e seus comparsas. Dividimos com Barcelona o primeiro lugar do Grupo C.

Em suma o Benfica foi superior, porque realmente tem muita qualidade e quantidade, porém enfrentou um conjunto transalpino combativo e que tentou ao máximo perturbar a nossa organização defensiva e provocar instabilidade emocional em geral à nossa equipa.

Ao intervalo, tudo aparentava estar a correr dentro na normalidade, e não fosse termos pecado nas bolas paradas e a diferença no marcador poderia ter sido mais expressiva. Albert Casanovas (com uma "stickada" de área a área), Jordi Adroher e Carlos Nicolia deixaram o SLB a vencer por 0-3. Só que no segundo tempo, os pupilos de Alejandro Domínguez entraram apáticos e pouco ligados entre si. Aproveitaram os da casa para pressionar e reduzir para a diferença mínima (um livre directo e uma grande penalidade). Só a meio da etapa complementar, é que o Benfica despertou, susteve o ímpeto italiano, e arrancou rumo à vitória, com um 'bis' da autoria de Lucas Ordoñez (quanta classe!). Diogo Rafael e Carlos Nicolia, por estar ordem, fixaram o resultado final em 2-7.

Resultados Finais da 2ª Jornada do Grupo C da Liga Europeia

Sarzana 2-7 SL BENFICA
Herringen 2-7 Barcelona


Sem espinhas. Na antecâmara da UEFA Futsal Cup, superamos na condição de visitante o Viseu 2001, por quatro bolas a zero, na 10ª Jornada da Fase Regular do Campeonato Nacional.

O colectivo às ordens de Joel Rocha prossegue a sua caminhada triunfal. Os viseenses mostraram-se aguerridos e galvanizados pela casa cheia, mas tal como na época passada a equipa mais cotada foi quem se impôs. Continuamos isolados na dianteira, e com o Sporting na perseguição.

Como acima indicado, a turma de Paulo Fernandes tentou dar um ar da sua graça mas não foi feliz, e convenhamos que até fez por merecer o golo de honra. Já o Benfica fez o que lhe compete e fez valer o papel de favorito. O Capitão Bruno Coelho deu o mote, após boa combinação com Tiago Brito na sequência de uma bola parada em zona frontal. André Coelho elevou para 0-2, fazendo uso do seu pontapé forte. 0-2 ao intervalo. Nos segundos 20 min, o marcador funcionou por mais duas ocasiões, com Fits a ser o responsável. O possante pivot encarnado mostrou estar de pontaria calibrada. O Viseu criou perigo mas não conseguiu desfeitear André Sousa.

Resultados Finas da 10ª Jornada

Viseu 2001 0-4 SL BENFICA
AD Fundão 7-3 Belenenses
Burinhosa 2-0 Portimonense
Leões de Porto Salvo 6-7 Futsal Azeméis
Eléctrico 3-7 Sporting 
Quinta dos Lombos 2-3 Módicus
Sp. Braga 9-0 CR Candoso


No fecho do fim de semana, batemos facilmente o Clube Nacional de Ginástica, para a 7ª Jornada da 1ª Fase do Campeonato Nacional de Voleibol.

O adversário está destacado na última posição e muito dificilmente sairá desse lugar. As águias fizeram naturalmente o seu trabalho e, como se perspectivava, triunfaram pela margem máxima (25-14; 25-17; 25-16).

Numa fase em que não há tempo para descansar, com jogos domésticos e compromissos europeus em catadupa, este débil opositor surgiu em boa altura. Visto que era óbvio que o Benfica iria vencer esta partida pela margem máxima e de modo manifestamente tranquilo. Daí que Marcel Matz efectuou várias mexidas, numa óptica de poupança das unidades mais nucleares para os jogos de elevado grau de dificuldade que se aproximam, e deu tempo de jogo a atletas que habitualmente estão no banco, como por exemplo Afonso Guerreiro, ou até que nem sempre constam nos eleitos, como o líbero João Simões e o central Miguel Sinfrónio.

Resultados Finais da 7ª Jornada (1ª Fase)

SL BENFICA 3-0 CN Ginástica (25-14; 25-17; 25-16)
Sporting 3-0 Castêlo da Maia (25-14; 25-13; 25-19)
SC Caldas 2-3 VC Viana (20-25; 25-22; 21-25; 25-17; 14-16)
Sp. Espinho 3-0 Leixões (25-22; 25-16; 25-17)
Esmoriz 3-2 Ac. São Mamede (25-16; 25-21; 23-25; 25-27; 21-19)
Famalicense 1-3 Fonte Bastardo (22-25; 26-24; 22-25; 20-25)
Clube K-V. Guimarães (15/12, às 18h)


Para consulta de tudo sobre a época 2019/2020 das modalidades, pode ver aqui:





Porque o SL Benfica não é só Futebol...

SPORT LISBOA E BENFICA!!! 1904!!!


Sem comentários:

Publicar um comentário