terça-feira, 15 de abril de 2014

Porque o SL Benfica não é só Futebol...

O fim-de-semana passado foi de emoções fortes para os amantes das modalidades de pavilhão do SL Benfica. Por um lado, o Andebol saiu eliminado da Taça de Portugal, mas, por outro, o Hóquei em Patins qualificou-se para a 'Final Four' da Liga Europeia. Já Voleibol e Basquetebol fecharam da melhor forma, ou seja, na primeira posição, a 2.ª Fase e Fase Regular dos respectivos Campeonatos Nacionais. O Futsal continua o seu caminho vitorioso e está muito perto de vencer a sua Fase Regular. 

Confira o rescaldo de mais um jornada positiva para as cores encarnadas. 

Os comandados de João Pinto deram mais um passo importante para garantir a liderança da Fase Regular do Nacional de Futsal ao triunfarem no terreno do SL. Olivais por 0-5, em partida a contar para a 25.ª e penúltima jornada.
Os primeiros 20 minutos de jogo foram muito tácticos. O conjunto da casa apresentou-se a defender com as linhas baixas perante um Benfica a assumir a iniciativa de jogo. As 'águias' tiveram dificuldades em ultrapassar o muro defensivo do adversário e quando as oportunidades surgiram não tivemos a eficácia necessária para marcar. 
Foi preciso esperar pelo último minuto da primeira parte para que os encarnados inaugurassem o marcador por intermédio de Serginho, após assistência de Joel Queirós. A vantagem mínima era justa no recolher aos balneários. 
No segundo tempo, e diante de um Olivais mais ofensivo, o colectivo benfiquista aproveitou os espaços e aumentou a sua vantagem com golos de Paulinho e Joel Queirós. Estava encontrado o vencedor.
Na fase final do encontro ainda deu para chegar à goleada com Joel Queirós a bisar e o jovem Bruno Pinto a facturar numa boa execução individual. 
A nossa equipa está confiante. Segura a nível defensivo e a trabalhar cada vez melhor nos processos ofensivos. Continuar assim. Passo a passo. Agora o objectivo passa por ultrapassar a Académica (desceu de divisão) e entrar nos Playoffs com o factor "casa" do nosso lado. 

Resultados Finais da 25ª Jornada

SL. Olivais 0-5 SL BENFICA
Póvoa Futsal 0-4 Leões de Porto Salvo
Rio Ave 4-4 Dramático de Cascais
Boavista 7-0 Vila Verde
Fundão 4-6 Sp. Braga
Módicus 5-0 Belenenses
Académica 2-15 Sporting 


O Campeão Nacional de Voleibol venceu a 2.ª Fase do Campeonato Nacional após triunfos frente a Atl. Madalena e Castêlo da Maia na última jornada dupla da temporada. 
No Sábado, em Gaia, vitória sem margem para dúvidas frente à formação da Madalena. Os parciais de 13-25; 14-25; 17-25 demonstram bem toda a superioridade encarnada. Flávio Cruz e Kibinho cotaram-se como os melhores pontuadores da partida e foram muito bem servidos pelo nosso distribuidor, Miguel Tavares. 
Para o dia seguinte, recepção ao conjunto maiato e nova vitória, desta feita, por 3-1 e confirmação que o início do Playoff do título será na Luz. 
A entrada em campo dos pupilos orientados pelo Prof. José Jardim não foi boa. Porque desconcentrados e pouco eficazes na recepção, os encarnados permitiram ao oponente a vitória por 16-25 no primeiro set. 
Por conseguinte, era obrigatório uma resposta forte a esta adversidade. E assim aconteceu. Serviço agressivo, bloco eficaz a ataque poderoso não deram qualquer hipótese ao Castêlo que foi derrotado por 25-18, 25-15 e 25-13 nos parciais seguintes. 
Flávio Cruz foi novamente o jogador que marcou mais pontos do lado encarnado. Espero que esteja a grande nível na decisão do Campeonato. 
SL Benfica e Fonte Bastardo têm um frente-a-frente na luta pelo título. Playoff à melhor de 3 jogos. Na Luz, a 26 de Abril, começa o caminho rumo ao bicampeonato. Agora é preparar da melhor forma esta Final. 

Resultados Finais da 9ª Jornada

Atl. Madalena 0-3 SL BENFICA (13-25; 14-25; 17-25)
Fonte Bastardo 3-0 V. Guimarães (25-0; 25-0; 25-0)
Castêlo da Maia 3-2 Sp. Espinho (30-28; 25-21; 23-25; 18-25; 15-12)

Resultados Finais da 10ª Jornada

SL BENFICA 3-1 Castêlo da Maia (16-25; 25-18; 25-15; 25-13)
Sp. Espinho 2-3 V. Guimarães (25-18; 23-25; 25-20; 22-25; 9-15)
Atl. Madalena-Fonte Bastardo (17/04, 20h30) 


Na Maia, o Andebol encarnado saiu derrotado perante o Sporting por 23-22, na Meia-Final da Taça de Portugal da modalidade. O nosso eterno rival viria a conquistar pela terceira vez consecutiva este troféu. 
O pavilhão estava praticamente lotado com adeptos de ambos os lados a darem um bonito colorido às bancadas.
Jorge Rito fez alinhar Álamo, Areia, Dario, Carneiro, Elledy, Pedroso e José Costa, com os dois últimos a cederem o lugar a Álvaro Rodrigues e Danil Chernov nas acções defensivas. 
A primeira parte foi marcada pelo equilíbrio. Registaram-se vários empates ao longo dos 30 minutos iniciais. As defesas estiveram melhores que os ataques. Houve bastante precipitação de ambas as partes no processo ofensivo. Várias falhas técnicas que levaram o 12-12 para o descanso. 
Já com Hugo Figueira na baliza benfiquista, as águias entraram melhor no segundo tempo. Com José Costa em grande destaque na sua posição de pivot, os encarnados conseguiram uma vantagem de 4 golos de diferença (18-14) quando faltavam pouco mais de 15 minutos para o fim da partida. Mas como já é hábito na nossa equipa, tudo se desvaneceu em pouco tempo. Falhas técnicas e nível baixo de eficácia aos 6 metros permitiram ao adversário igualar o marcador a 10 minutos do fim. 
Como foi possível o nosso técnico apenas pedir desconto de tempo quando já estávamos empatados? Não se entende. Muito mal na gestão dos diversos momentos do desafio. 
Nos momentos finais, o Benfica respondia sempre que o Sporting se colocava na frente do placard. Até que a 1 minuto e meio do fim, Frankis Carol (o melhor jogador leonino) fez o 23-22 e Dario Andrade no ataque seguinte permite a defesa a Ricardo Candeias, entregando aí o acesso à final ao rival. Com 30 segundos para jogar e bola do lado verde, apenas num livre de 9 metros existiu uma chance para o empate mas que em nada resultou. 
Queixas da arbitragem? Existem, mas já não colam. Primeiro 'evitem' que determinadas duplas arbitrem encontros onde actua o Benfica. 
Infelizmente, este triste desfecho da participação do Benfica na Taça foi mais do mesmo... Uma equipa de eternos perdedores que não merece o apoio que tem. Enfim...

Resultados das Meias Finais

SL BENFICA 22-23 Sporting
Xico Andebol 27-31 ABC


A tarde de Sábado, no Pavilhão Fidelidade, foi épica por culpa dos Campeões da Europa de Hóquei em Patins. Espectacular triunfo por Golo de OURO no embate frente ao Réus por 5-1 para a 2.ª Mão dos Quartos de Final da Liga Europeia. 
Estamos, mais uma vez, entre as quatro melhores equipas da Europa que lutarão pelo título europeu. 
Havíamos dito, em antevisão, que era preciso um jogo de muita paciência e inteligência para virar o 5-2 da primeira mão. E nesse sentido, os primeiros 10 minutos foram de domínio total dos encarnados que encontraram pela frente um muro defensivo vindo da Catalunha muito complicado de ultrapassar. 
Já com 11 minutos jogados, João Rodrigues abriu o activo numa recarga junto à baliza contrária, mas logo de seguida, num contra-ataque perigoso, o Réus viria a empatar a contenda. Voltava tudo ao momento inicial. 
Em resposta, seguiu-se nova avalanche benfiquista à baliza catalã. Por todos os meios, a formação treinada por Pedro Nunes ia tentando concretizar, mas revelava alguma ineficácia, muito por culpa do guarda-redes contrário que ia parando todas as nossas iniciativas atacantes. 
Já muito perto do intervalo, João Rodrigues, na transformação de uma grande penalidade, fez o 2-1. Com este resultado, as equipas recolheram aos balneários. Estava tudo em aberto para a reviravolta. 
Na segunda parte, só deu Benfica! Com 15 minutos jogados, Tuco rematou e o nosso João "Inzaghi" Rodrigues desviou para o 3-1 e deu novo alento às esperanças encarnadas. Faltava um golo para empatar a eliminatória, o qual surgiu a poucos minutos do fim, num lance de um GÉNIO chamado Carlos López. Um brilhante "picadinha" que deixou em delírio os milhares de adeptos que se deslocaram ao Pavilhão da Luz. Assim fomos para o prolongamento onde um golo dava a vitória a qualquer um dos conjuntos. 
E foi já na segunda metade deste que Valter Neves, numa grande stickada de meia distância, carimbou a passagem do SL Benfica à 'Final Four' da competição.
Destaque para a brilhante exibição de Guillem Trabal. Ao nível das bolas paradas defendeu TUDO. Contribuiu de forma decisiva para este sucesso benfiquista. 
Aqueles momentos de comunhão entre adeptos e jogadores foi lindo. Foi BENFICA! 
O nosso adversário na meia-final da prova é o FC Barcelona. Os outros dois apurados foram o FC Porto e CE Vendrell. Até lá ainda temos muito em que pensar, desde logo no encontro que se segue. Vem aí a Oliveirense para a Taça de Portugal, a 23 de Abril, em mais um encontro decisivo para as nossas aspirações.

Resultados Finais da 2ª Mão

SL BENFICA 5-1 Réus 
Valdagno 4-7 CE Vendrell
Barcelona 7-1 Valongo
Liceo da Corunha 3-6 FC Porto 


Por fim, o Basquetebol benfiquista deslocou-se até Algés e bateu a equipa da casa por 65-93, na derradeira ronda da Fase Regular do Campeonato Nacional. 
Desde a bola ao ar, o conjunto orientado por Carlos Lisboa mostrou ser uma equipa muito mais forte que o seu adversário. 
Domínio em toda a linha: ressaltos, eficácia de lançamento interior e exterior. Defendemos bem e atacamos ainda melhor diante de um conjunto composto unicamente por jogador portugueses. Vencemos os quatro períodos da partida. 
De regresso, Jobey Thomas destacou-se com 20 pontos e 3 ressaltos, mas foi João "Betinho" Gomes o MVP do encontro 19 pontos e 12 ressaltos. 
Vencemos esta fase com 19 vitórias e 1 derrota. O foco já está nos Playoffs. Nos quartos-de-final enfrentaremos o BC Barcelos, com os dois primeiros jogos a serem disputados na Luz, já no próximo fim-de-semana.Uma nota ainda para a descida de divisão do Maia Basket. 
Depois da Supertaça, Taça Hugo dos Santos, Taça de Portugal o objectivo chama-se: TRICAMPEONATO. 

Resultados Finais da 22ª Jornada

Algés 65-93 SL BENFICA
Lusitânia 70-79 CAB Madeira
Ovarense 82-68 Maia Basket
V. Guimarães 93-77 Barcelos
Sampaense 89-78 Oliveirense


Para consulta de tudo sobre a época 2013/2014 de cada modalidade, pode ver aqui:

1 comentário:

  1. 4 equipas de campeões e outra que se vai arrastando...

    ResponderEliminar