segunda-feira, 11 de novembro de 2019

Porque o SL Benfica não é só Futebol...

Sábado à BENFICA! Ganhamos em toda a linha.

Confira os principais factos de um fim de semana pautado pelo sucesso para o Glorioso.


Não abranda. A turma de Marcel Matz foi a casa da combativa Associação Académica de São Mamede de Infesta vencer por 1-3 (17-25; 15-25; 25-21; 17-25), num evento alusivo à 6ª Jornada da 1ª Fase do Campeonato Nacional de Voleibol.

O Pavilhão Eduardo Soares engalanou-se para receber o Campeão Nacional e motivou a sua equipa a não se conter e oferecer uma boa réplica, de tal modo que teve o condão de repetir a proeza do Esmoriz ao nos ganhar um set. Águias e leões dividem o primeiro posto, pelo que não houve alterações em termos classificativos.

O técnico encarnado não operou grandes alterações no sete inicial. Colocou como titulares Zelão e Japa, relegando Honoré e Rapha para o banco. Não foi de todo das exibições mais arrojadas dos encarnados, notando-se algum e natural desgaste físico face à sobrecarga de jogos nesta altura da temporada, mas cumpriu-se a obrigação. Houve alguma irregularidade defensiva, o que permitiu aos irreverentes anfitriões aqui e ali terem fases de jogo favoráveis, atingindo o ponto alto quando reduziram para 1-2 em sets. Os matosinhenses, a maioria deles bastante jovens, estão a realizar uma boa temporada e deixaram bem patente no Sábado que possuem mais do que qualidade para desenvolver um campeonato marcadamente tranquilo.

Resultados Finais da 6ª Jornada (1ª Fase)

Ac. São Mamede 1-3 SL BENFICA (17-25; 15-25; 25-21; 17-25)
V. Guimarães 3-2 SC Caldas (25-11; 15-25; 22-25; 25-22; 15-9)
Clube K 1-3 Sp. Espinho (22-25; 16-25; 26-24; 21-25)
Leixões 1-3 Esmoriz (16-25; 15-25; 25-20; 14-25)
Famalicense 3-0 CN Ginástica (25-23; 25-21; 25-17)
Fonte Bastardo 3-2 Castêlo da Maia (25-20; 22-25; 21-25; 25-17; 15-12)
VC Viana 0-3 Sporting (11-25; 14-25; 11-25)


Em Basquetebol, o contingente encarnado mediu forças com o Illiabum Clube e impôs-se em terreno alheio por 63-72, para a 6ª Jornada da 1ª Fase do Campeonato Nacional.

O Benfica triunfou mas o jogo foi pouco atractivo. Cumpriu-se o essencial que era regressar à Capital com a vitória. Há que ter em atenção que atravessamos um período de muitos jogos seguidos em pouco espaço de tempo e que temos sido algo atormentados por lesões. Não houve mudanças na classificação, pelo que o trio composto por Benfica, Sporting e Oliveirense mantém-se no encalço do líder FC Porto.

A turma de Carlos Lisboa entrou por cima, construindo uma boa vantagem, mas depois não soube dar seguimento. É certo que se manteve sempre na frente do marcador mas sem grande fulgor. Ambos os conjuntos estiveram pouco assertivos a nível ofensivo, como reflecte aliás o 27-33 ao intervalo. No segundo tempo a toada não foi muito diferente, isto é, o jogo continuou com poucos motivos de interesse. O Illiabum fez o que pôde mas a desigualdade de forças é gritante, mesmo que o resultado final não aparente isso. O Benfica venceu, mas com uma exibição de serviços mínimos claramente. Micah Downs voltou à acção, depois de ter ficado de fora no encontro europeu a meio da semana.

Em matéria de pontos, Toure' Murry notabilizou-se ao se cotar como o melhor marcador do desafio (18 pontos), mas no que ao MVP da partida diz respeito o destaque vai para o duo formado por Betinho (13 pontos e 11 ressaltos) e Arnette Hallmann (7 pontos, 10 ressaltos e 3 assistências).

Resultados Finais da 6ª Jornada (1ª Fase)

Illiabum 63-72 SL BENFICA
Galitos Barreiro 92-73 Ovarense
Oliveirense 90-63 V. Guimarães
Terceira Basket 86-98 Maia Basket
FC Porto 76-70 Esgueira
Sporting 91-65 Lusitânia
Barreirense 105-100 CAB Madeira


Firme e hirto na liderança. O Centro Recreativo e Cultural da Quinta dos Lombos foi a mais recente vítima encarnada. Na 9ª Jornada da Fase Regular do Campeonato Nacional de Futsal, a formação do Benfica ganhou por seis bolas a duas.

Boa vitória. Não foi fácil encontrar a fórmula do êxito. Ela surgiu nos sete min finais. O predador Fernandinho serviu de catalisador para a conquista dos três pontos. Apontou um "poker". A exibição só não foi mais estupenda, tendo em consideração que falhou um penalty. Mas isso não belisca a classe e frieza nos momentos de decisão da vedeta encarnada.

O Benfica apresentou-se na quadra com André Sousa novamente a alinhar de início. Os primeiros 20 min do encontro foram tudo menos coloridos. Predominou a ineficácia e os Lombos deram um ar da sua graça. Fernando Drasler num lance de insistência foi oportuno na recarga e abriu o activo. Posteriormente, os Lombos com algumas transições perigosas mostraram o porquê de estarem lá em cima na tabela classificativa, tendo então chegado à igualdade. Até ao intervalo, o marcador não sofreu mais mexidas.

Os golos estavam definitivamente guardados para a etapa complementar, mas mesmo assim foi preciso criar muitas chances de golo. Fernandinho através de uma recepção orientada ludibriou o marcador directo e no cara-a-cara com o guardião da equipa da Linha fuzilou para o 2-1. De grande penalidade, os Lombos restabeleceram o empate. Pouco depois houve penalty no lado oposto, porém Fernandinho não conseguiu transformar em golo. O tempo ia passando e a apreensão encarnada aparecia nas bancadas da Luz. Mas o conjunto de Joel Rocha mostrou nos momentos capitais de que fibra é feito e enveredou pelo trilho vitorioso. Fernandinho recolocou o SLB na dianteira. Os auri-negros avançaram com o "5x4" mas o efeito da estratégia saiu totalmente ao contrario, ou seja, o feitiço virou-se contra o feiticeiro. Pois, de súbito, as águias descolaram no marcador, com Fernandinho a marcar mais dois. Robinho fixou o resultado final em 6-2, na conclusão de uma brilhante jogada elaborada pelo colectivo encarnado, para ver e rever. Bruno Coelho ainda desperdiçou um livre de 10 metros.

Resultados Finais da 9ª Jornada

SL BENFICA 6-2 Quinta dos Lombos
Módicus 2-2 Sp. Braga
CR Candoso 3-6 Eléctrico
Futsal Azeméis 4-3 Viseu 2001
Portimonense 7-3 AD Fundão
Belenenses 0-5 Leões de Porto Salvo
Sporting 5-3 Burinhosa


Na recepção à Associação Desportiva de Valongo, os pupilos de Alejandro Domínguez garantiram um triunfo por 6-2, num embate correspondente à 5ª Jornada do Campeonato Nacional de Hóquei em Patins.

Na pista, naturalmente se viu um Benfica mais balanceado para o ataque e a lei do mais forte foi imposta como era expectável. O desaire caseiro do Sporting contra o Óquei de Barcelos, por 4-5, permitiu aos homens de "águia ao peito" ficarem sem companhia no comando do campeonato.

Como temos vindo a asseverar, o Benfica tem forçosamente de vencer os jogos, todos eles mas fundamentalmente aqueles em que em teoria é favorito, se quer voltar à rota dos títulos nesta modalidade. A verdade é que temos visto que estamos nitidamente mais pragmáticos, menos vertiginosos. E no Sábado não foi excepção. A novidade foi que estivemos um pouco menos ligados no processo defensivo, o que redundou nos dois golos sofridos, porém no ataque continuamos num registo positivo com as nossas individualidades bem conectadas. Daí o 4-2 ao intervalo. Jordi Adroher, por duas ocasiões, Edu Lamas e Lucas Ordoñez, foram os autores dos tentos encarnados.

No segundo tempo viu-se um Benfica mais idêntico à identidade que Alejandro Domínguez preconiza, isto é, estável e dominante, com uma postura defensiva mais compacta, com Pedro Henriques a proteger bem a sua baliza, e sem descurar a dinâmica na fase ofensiva, ora sendo mais vertical ora optando por uma ataque mais apoiado. Muito embora ocasionalmente um ou outro momento de alguma inconsistência e sujeito a alguma vertigem, algo próprio do hóquei. Diogo Rafael e Vieirinha, por esta ordem, deram maior expressão ao triunfo encarnado.

Resultados Finais da 5ª Jornada

SL BENFICA 6-2 AD Valongo
Oliveirense 5-3 AE Física
FC Porto 4-3 HC Braga
Riba D'Ave 3-1 HC "Os Tigres"
Paço de Arços 3-5 AD Sanjoanense
HC Turquel 2-2 Juv. Viana
Sporting 4-5 OC Barcelos


Para consulta de tudo sobre a época 2019/2020 das modalidades, pode ver aqui:





Porque o SL Benfica não é só Futebol...

SPORT LISBOA E BENFICA!!! 1904!!!


Sem comentários:

Publicar um comentário