segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

Porque o SL Benfica não é só Futebol...

Balanço positivo do desempenho das modalidades de pavilhão do SL Benfica. Apesar da esperada eliminação europeia no Andebol, as demais secções do clube fizeram jus às expectativas criadas em torno das suas partidas. 
Segue-se então o rescaldo deste fim-de-semana desportivo. 

Em terras húngaras, o Andebol encarnado perdeu por 31-25 frente ao Pick Szeged, na 2ª Mão da 3ª Ronda da Taça EHF, resultado que confirma assim o afastamento dos pupilos do Prof. Jorge Rito da competição. 
Um desfecho expectável. O Benfica entrou mal em jogo e, aos 10 minutos, já perdia por 6-3, fruto principalmente de algumas exclusões estúpidas. Após pedido de desconto de tempo pelo nosso técnico, o colectivo encarnado tentou reagir, mas o poderio defensivo do adversário era grande, nunca permitindo a turma benfiquista aproximar-se no marcador. Nesta medida, o resulado de 14-10 no descanso espelhava a superioridade demonstrada pelos húngaros, que são claramente uma equipa de topo europeu. 
Ainda assim, e pese embora toda a valia do opositor, o Benfica reagiu de forma fantástica no início da segunda metade e conseguiu igualar a 15 golos. Via-se por essa altura o melhor Andebol praticado pela nossa equipa nesta temporada. Ainda chegámos a sonhar, contudo, na recta final do encontro, o Pick Szeged impôs a sua superioridade e triunfou por 6 golos de diferença. 
Jogando a este nível podemos discutir os troféus nacionais com o nosso principal rival que vamos encontrar dentro de dois dias. 
Destaco o excelente jogo por parte de Dario Andrade que, com 9 golos, foi o melhor marcador benfiquista. 
Agora a concentração só tem que residir na conquista do Campeonato Nacional e da Taça de Portugal. 

Taça EHF - 2ª Mão da 3ª Ronda

Pick Szeged 31-25 SL BENFICA


Um triunfo, por 3-6, no reduto da Académica, permitiu ao Futsal Benfica fechar a primeira volta da Fase Regular do Campeonato Nacional na liderança isolada. 
Os comandados de João Freitas Pinto iniciaram a partida dispostos a resolver cedo todos os problemas que lhes pudessem aparecer pela frente. E assim conquistaram o sucesso.
Com 10 minutos jogados, a formação encarnada já vencia, de forma tranquila, por 0-3 com um "bis" de Serginho e um golo apontado por Pablo del Moral. 
Até ao intervalo, o inevitável Bruno Coelho ainda ampliou a vantagem e, já nos segundos finais da etapa inicial, um auto-golo de Paulinho valeu à Briosa a redução da diferença no marcador.
Na etapa complementar, o Benfica chegou primeiro ao 1-6, com golos de Nêne e Ricardo Fernandes, mas o "5x4" dos estudantes favoreceu a diminuição da desvantagem no placard para os 3-6 finais. 
Nota ainda para mais um desafio onde o colectivo benfiquista ficou a dever muitos golos à sua dinâmica de jogo. 
É bom estar no topo da classificação, mas nada ainda está ganho. O caminho faz-se caminhando. Jogo a jogo. 

Resultados Finais da 13ª Jornada

Académica 3-6 SL BENFICA
Fundão 8-1 Belenenses
Rio Ave 8-3 Vila Verde
Módicus 1-1 Sporting
SL. Olivais 2-1 Póvoa Futsal
Leões de Porto Salvo 4-4 Dramático de Cascais
Boavista 6-2 Sp. Braga 


Vitória robusta do Basquetebol benfiquista por 112-75 na recepção à histórica Oliveirense, em encontro relativo à 6ª Jornada da Fase Regular do Campeonato Nacional. 
Melhor exibição da época, até ao momento, por parte da formação orientada por Carlos Lisboa. Mesmo sem contarem com Mário Fernandes e Carlos Andrade, desde a "bola ao ar" os encarnados mostraram porque são a melhor equipa em Portugal. Diante de um adversário que lutou com todas as suas forças, o Benfica revelou uma eficácia ofensiva digna de registo (63% nos 2 pontos, 62% nos 3 pontos e 84% na linha de lance livre) e um domínio claro nas tabelas (39 contra 25 nos ressaltos). 
A qualidade ofensiva da nossa equipa ficou bem patente no período inicial onde marcámos 37(!!!) pontos e colocámos, logo aí, uma diferença no marcador da casa dos 20 pontos. 
Jobey Thomas, mais uma vez, mostrou que é um dos melhores atiradores que vi jogar em Portugal, concretizando 27 pontos (6/9 de 3 pontos). Betinho também foi peça fulcral na manobra ofensiva encarnada, somando 25 pontos e 15 ressaltos. 
Quero ver este jogo colectivo em Barcelos, já no próximo fim-de-semana. 

Resultados Finais da 6ª Jornada

SL BENFICA 112-75 Barcelos
Algés 81-58 Maia Basket
Lusitânia 77-92 V. Guimarães
CAB Madeira 88-75 Ovarense
Galitos Barreiro 101-96 Sampaense


Na Madeira, a equipa de Voleibol do SL Benfica bateu o Marítimo por 0-3 em jogo a contar para a 11ª e última jornada da 1ª Volta da 1ª Fase do Campeonato Nacional.
Embora os parciais de 18-25, 20-25 e 22-25 transpareçam algum equilíbrio, o triunfo encarnado nunca esteve em causa. 
José Jardim fez uma rotação na equipa, deixando Perini, Roberto Reis e Flávio Cruz a descansar. Jogadores como Miguel Tavares, João Magalhães e Ché demonstraram todo o seu valor, revelando serem opção para o colectivo em qualquer momento da temporada. 
Em 11 jogos, 10 vitórias e 1 derrota: eis o saldo da primeira volta benfiquista. Espero uma prestação ainda melhor para o fim desta 1ª Fase do Nacional. 
Quero continuar a ver uma equipa confiante da sua qualidade, respeitando todos os opositores. 

Resultados Finais da 11ª Jornada

Marítimo 0-3 SL BENFICA (18-25; 20-25; 22-25)
Castêlo da Maia 3-0 SC Caldas (25-17; 25-19; 25-23)
Esmoriz 3-2 V. Guimarães (15-25; 25-20; 25-23; 17-25; 16-14)
Atl. Madalena 3-0 Ac. Espinho (25-18; 29-27; 33-31)
Vilacondense 1-3 Sp. Espinho (26-24; 13-25; 11-25; 17-25)
Clube K 1-3 Fonte Bastardo (15-25; 21-25; 25-21; 21-25)


O Campeão da Europa de Hóquei em Patins venceu o HA Cambra por 9-1 para a 6ª Jornada do Campeonato Nacional da modalidade. 
A turma treinada por Pedro Nunes simplificou a tarefa com o primeiro golo a ser convertido por Valter Neves, logo no minuto inicial do desafio. 
Numa partida com total domínio encarnado, João Rodrigues e Miguel Rocha também deram o contributo à equipa e fecharam as contas da primeira parte. 
A equipa do distrito de Aveiro, que soma derrotas em todos os jogos disputados no Nacional, não conseguiu efectuar grande oposição e acabou por ceder fisicamente na segunda metade do encontro. Assim não foi de estranhar que Diogo Rafael (por duas vezes), Miguel Rocha e Marc Coy (também por mais duas ocasiões) carimbassem uma goleada benfiquista. 
Já ao cair do pano, a equipa visitante fez o "golo de honra" após a marcação de uma grande penalidade. 
Mais uma final superada. Segue-se a sempre complicada deslocação a Paço de Arcos. 

Resultados Finais da 6ª Jornada

SL BENFICA 9-1 HA Cambra
Candelária 1-1 Sporting
HC Mealhada 1-2 AE Física
Porto 14-0 Sp. Tomar
Valongo 7-3 Juv. Viana
HC Braga 2-3 HC Turquel
OC Barcelos 5-2 CH Carvalhos


Para consulta de tudo sobre a época 2013/2014 de cada modalidade, pode ver aqui:

Sem comentários:

Enviar um comentário